15 de fevereiro de 2017

O nascer do Sol

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.
Oséias 6:3

25 de janeiro de 2017

o nome de Israel

Jacó e seu novo nome: Israel

Quando analisamos os nomes de personagens bíblicos em Hebraico, podemos ver coisas que não podem ser vistas na tradução. Como exemplo, temos a história de Jacó, que depois ficou conhecido como “Israel”.O nome Jacó em Hebraico (YAKoV) está conectado com a palavra para “calcanhar” (EKeV). Você deve lembrar que quando Esaú, o irmão gêmeo de Jacó, saiu a parteira não acreditava: O irmão de Esaú estava segurando ele pelo calcanhar, não deixando ele sair! Vendo o seu filho segurando seu irmão pelo calcanhar, Rebeca e Isaque o chamaram de Yakov (Jacó).
O nascimento de Jacó definiu seu nome até que outro evento de maior significado aconteceu – seu encontro pessoal com um mensageiro muito especial. O mensageiro é conhecido na Bíblia como o Anjo do SENHOR (Gen. 32).
Assim como no seu nascimento, Jacó agarrou outra pessoa novamente com força! No entanto, desta vez ao invés do seu irmão mais velho, era o Anjo do SENHOR. Depois, Jacó exigiu que ele lhe desse algo que nunca recebeu quando criança – a bênção divina que ele tanto valorizava e desejava com paixão. Vendo a persistência e compromisso intenso, o Anjo do SENHOR atendeu o pedido de Jacó e o abençoou.
Como sinal concreto da bênção, o Anjo do SENHOR deu para Jacó um nome completamente novo – Yisrael (Israel). O que significa Israel em Hebraico?

A palavra YiSRaEL é relacionada com o verbo leSRot, que em Hebraico Bíblico significa lutar, aspirar, exercer influência. Neste contexto, é para fazer todas estas coisas com o próprio Deus! Este evento da história mundial foi tão significante, que a nação descendente de Abraão, Isaque e Jacó foi nomeada depois deste encontro particular. Esses descendentes ficariam conhecidos para sempre como o Povo de Israel, o Povo que luta com Deus.
Jacó lutou com um anjo, que, na simbologia do Antigo Testamento, era o próprio Javé, tanto que, mais adiante, em Genesis, 32: 30, se lê: “Jacó deu àquele lugar o nome de Fanuel, dizendo: Eu vi a Deus face face e minha alma foi salva”.
Israel significa, portanto, aquele que luta com Deus”, isto é, “contra Deus”. De fato, em Genesis, 32: 28, se lê: “Porém ele [o anjo] disse: De nenhuma sorte te chamarás Jacó, mas Israel, porque, se foste forte contra Deus, quanto mais o serás contra os homens”.
Pergunta: Isto prenuncia um destino belicoso para o povo de Israel?
Notável essa luta de Jacó com esse ente espiritual, mas a Bíblia parece deixar claro que o esse ser é santo.benigno e poderoso pois do contrário não poderia abençoar a Jacó, por certo é uma teofania,Javé em forma humana. Na compreensão cristã é cristo pré-encarnado.Talvez seja mesmo já que a nação de Israel como um todo se recusa a crer no seu Messias ressurreto(que já ressuscitou).
Quando lemos a Bíblia em Inglês, toda a história dos irmãos que retornam a José após o “roubo” de Benjamin –o discurso deles, o arrependimento deles e depois José revelando sua identidade– parece uma história sem interrupção. No entanto, em Hebraico não é assim. A Torá em Hebraico, juntamente com as divisões de capítulo, também tem divisões em porções da Torá onde de repente termina no meio do capítulo 44. O fluxo da história se quebra –há uma linha pontilhada invisível, uma pausa, o que significa que algo muito importante está prestes a acontecer– então a próxima Porção da Torá, VeYigash, começa com as palavras: Então Judá se aproximou dele… É aqui, em VeYigash, que José se revela a seus irmãos; esta mudança de Judá se revela crucial. É vista como algo precedendo e até mesmo causando, a revelação de José. Qual a razão para isso?
Voltemos a essa história, mas um ou dois dias antes dessa cena. Em Gênesis 43, vemos os irmãos, agora com Benjamim, de pé diante de José. Dez deles já tinham estado aqui antes e toda esta cena deve ter sido um desagradável "déjà vu" para eles. Somente Benjamin, com a curiosidade despertada, examinou esse estranho homem sobre o qual tanto ouviu falar –e que dizer de José?–
Em Hebraico a descrição dos sentimentos de José é profundamente intensa. A Escritura diz que quando José viu Benjamim, ele se apressou e procurou onde chorar, porque se movera no seu íntimo para com seu irmão,entrou no quarto, e chorou ali. Esta é uma das mais fortes, se não a mais forte, expressão no Tanach para descrever os sentimentos que permeiam, uma pessoa compassiva e amorosa. Por exemplo, quando o Rei Salomão estava definindo quem era a mãe da criança e fez como se fosse dividir a criança em dois com uma espada, fala-se sobre a verdadeira mãe: Ela teve o amor materno aguçado por seu filho . A palavra רחמיה/רחמיו pode ser traduzida como “ventre” (é por isso que é traduzida como “coração”, ou mesmo “entranhas” –a parte mais interna de nós–), mas também como a compaixão, misericórdia ou bondade –e é a combinação dessas duas definições que descreve esse amor profundo que vemos aqui–.

Agora tente imaginar o espanto dos irmãos quando esse governador Egípcio, bem no meio da conversa, sem qualquer explicação e sem nenhuma razão aparente, vira-se e anda rapidamente: José apressou-se. Os irmãos estão anos luz de distância da verdadeira razão que obriga José a correr para fora da sala: ele procurou onde chorar. Nenhum deles, incluindo Benjamin, tem a menor ideia do que realmente está acontecendo no coração deste senhor “reservado”. Eles não vem a cena de partir o coração como eu e você fazemos: e ele entrou em seu quarto e chorou ali. Eles não suspeitam o que está acontecendo com José no interior do quarto, e por esta razão a diferença é verdadeiramente grande entre a forma como eles percebem as circunstâncias, e o que realmente está acontecendo na realidade invisível daquele quarto. Além disso, o que José faz ao sair de seu quarto? O oposto do que podemos esperar, e do que ele mesmo provavelmente desejava profundamente fazer: ele lavou o rosto para que suas lágrimas não fossem vistas –assim não haveria nenhum vestígio daquele amor, e saiu; e ele se conteve… A palavra traduzida como “conteve” é a palavra Hebraica להתאפק, que significa “conter ou controlar a si mesmo”. Precisamos lembrar esta palavra, “contido” –estas lágrimas de amor que José teve que segurar– quando lermos o início do próximo capítulo: E deu ordem ao mordomo de sua casa, dizendo… coloque o meu copo, o copo de prata, na boca do saco do mais novo.O que? Por que ele faria isso?

As aulas de matemática na escola nos recordam que dois pontos podem ser conectados por um número infinito de linhas, mas apenas uma delas será reta. Isso é exatamente o que vemos em nossa história. Um ponto corresponde ao que acabamos de ler: e ele entrou em seu quarto e chorou ali. Então lavou o rosto e saiu; e ele se conteve… o outro ponto é a conclusão da história: em seguida, José não se conteve… e ele chorou em voz alta… Estes dois pontos são conectados não por uma, mas duas linhas. Uma linha visível, indireta –a perspectiva propositadamente revelada aos irmãos– vem tona nos eventos do dia: a emoção contida; a instrução de José para colocar o cálice no saco de Benjamim; a saída dos irmãos; a parada e a busca; o retorno à cidade; a conversa com José; o discurso de Judá se sacrificando por causa de Benjamim; e, finalmente, as lágrimas de José, não se contendo quando ele revela sua verdadeira identidade a seus irmãos. Há uma segunda linha, no entanto, escondida e invisível ao olho natural, mas visível para nós, como leitores: a linha reta ligando diretamente José que chora em segredo no quarto interior com José soluçando aberta e violentamente, quando ele em lágrimas se revela a seus irmãos. Aqui, as lágrimas de amor que são seguradas e escondidas no primeiro ponto, são reveladas em sua totalidade no segundo ponto, quando José não se conteve mais.Assim, tornamo-nos testemunhas da incoerência consciente e propositadamente construída entre estas duas linhas: entre o que os participantes da história veem, e o que o leitor sabe e vê. Além disso, descobrimos que o segredo tão cuidadosamente escondido dos participantes da história, mas que nos foi mostrado pelo autor, é o amor. José amava Benjamim, mas até o final da história, este amor fica escondido do próprio Benjamim, e também de seus irmãos. Somente o leitor conhece as lágrimas de José em seu quarto, sabe sem sombra de dúvida que tudo o que aconteceu a Benjamin testemunha a eleição especial e amor especial que o colocou no centro do plano. Só o leitor sabe que tanto o próprio José e seu amor por seu irmão permaneceram inalterados: durante todo o tempo o José que causa a dor de Benjamim colocando o cálice no seu saco, o ama nem uma fração a menos que o José que chora no seu pescoço. A única diferença é que, antes que José tivesse acabado seu plano com os seus irmãos, ele teve que se conter, reter o seu profundo amor por Benjamin. José não pôde se revelar a seus irmãos até que seu plano estivesse completo –até que a obra de Deus em seus corações fosse finalizada–. Assim, esta história revela o caráter do amor de Deus como nenhuma outra.

Agora podemos finalmente responder à questão do por que Jesus proibiu as pessoas de contar aos outros sobre Sua identidade Messiânica. Revelar que Jesus era o Messias para os Israelitas seria semelhante ao mordomo de José, tendo procurado os irmãos e encontrado o copo no saco de Benjamim, nesse momento, contar a eles como e por que o copo chegou lá. Todo o plano de José estaria arruinado. O teste criado por José somente poderia produzir o efeito desejado porque nem Benjamin nem seus irmãos sabiam a verdade naquele momento. Da mesma forma, o plano do Senhor só foi possível porque Israel não conhecia este plano. Isso exigia que Jesus proibisse a divulgação de Sua identidade Messiânica. A história do “roubo” de Benjamin continuou por algumas horas; a história de Israel sendo “inimigos por causa de vós” e “assassinos de Cristo”, já dura dois mil anos –inscrita nas páginas mais sangrentas e mais assustadoras da nossa história–.

Mas como esta história de Benjamin termina? O que fez José finalmente se revelar?
Então Judá se aproximou dele…
Quem ele simboliza e o que é prefigurado por todo esse cenário?

Vocês se lembram das lágrimas de José na sala interior –lágrimas que os irmãos não veem, mas nós os leitores sim?–: ele entrou em seu quarto e chorou ali. Vocês lembram também o que José fez quando saiu deste quarto: ele lavou seu rosto, assim suas lágrimas não seriam vistas –assim não haveria nenhum vestígio daquele amor– e saiu; e ele se conteve… Precisamos lembrar desta palavra “contido” –estas lágrimas de amor que José teve que segurar– quando lemos o resto da história. Precisamos saber que o momento virá inevitavelmente quando as lágrimas de amor que são seguradas e escondidas no Capítulo 43, serão reveladas na sua totalidade, porque José não será capaz de se conter… por mais tampo; ele se permitirá chorar em voz alta e finalmente se revelar aos irmãos.

O que significa “conter-se”? ( לְהִתְאַפֵּ֗ק) O profeta Isaías usou a mesma palavra enquanto falava com Deus sobre Israel. “Onde está o Seu zelo e Sua força, o anseio de Seu coração e Suas misericórdias para comigo? Eles estão contidos?” Para mim o testemunho desta palavra é incalculável: a dramática e surpreendente aparente inconsistência entre o que vemos com nossos olhos e o que se passa na verdadeira, invisível realidade do coração, está condensado nesta palavra. José (revelando o caráter do amor de Deus nisto mais do que em qualquer outra coisa) não pode se revelar aos irmãos até que seu plano esteja completo – –até que a obra de Deus nos corações dos participantes da história esteja finalizada–. Da mesma forma, nós não podemos entender o coração de Deus com base em circunstâncias visíveis. Da mesma forma por causa de Seu plano, Deus contem e retêm o Seu amor e misericórdia, portanto a realidade que vemos com nossos olhos naturais dificilmente corresponde à realidade do Seu coração. É uma realidade “como se” –se vocês lembrarem da nossa Chave Número Três– e esta realidade “como se” é frequentemente usada por Deus para testar corações.

José necessitava do arranjo com Benjamin para que os irmãos se arrependessem e fossem transformados –mas o teste dos irmãos foi possível apenas porque o amor de José por Benjamin estava oculto deles–. Sem exceção, cada irmão tinha de ser mantido no escuro em relação ao amor infinito que este poderoso governador sentia por seu irmão mais novo. Somente fazendo assim a verdadeira atitude deles para com ele poderia ser determinada. Da mesma forma, todos os que receberam a salvação graças a Israel sendo “inimigos por causa (deles)”, hoje estão sendo testados por Israel. A atitude das nações para com Israel pode ser medida, porque, no nível das circunstâncias visíveis, nada as está obrigando a acreditar que Deus ama Seu povo. Nem é preciso dizer que aqueles que sabem que Deus ama Israel podem encontrar confirmações bastante visíveis deste amor. No entanto, os inumeráveis fatos trágicos da nossa história também estão ao serviço daqueles que afirmam que Deus rejeitou Seu povo. Como sempre, Deus dá a todos uma livre escolha: nesse caso, é a liberdade de escolher a atitude de alguém para com Benjamin/Israel.

Paradoxalmente, é por esta atitude que Ele julgará se as atitudes das nações para com Ele são genuínas, e se elas são sinceras em sua adoração a Ele. Vocês se lembram da primeira conversa que José teve com seus irmãos? Os dez irmãos permanecem diante de José, curvando-se até o chão diante dele, e ele lhes diz: “Não, não falarei com vocês até vocês trazerem seu irmão mais novo”. Além disso, justamente por vocês o trazerem com vocês eu descobrirei se há alguma verdade em vocês –se vocês vieram a mim com sinceridade–. Desta forma, vocês serão testados:… tragam seu irmão… que suas palavras podem ser testadas para ver se há alguma verdade em vocês. Talvez os povos em pé diante do Seu trono ouvirão: “Tragam seu irmão –e verei se há alguma verdade em vocês?–”

E agora, voltando à questão mais importante: O que trouxe esta vez “como se” à sua conclusão; por que José não poderia se conter mais? Da última vez, falamos aqui sobre a divisão notável de porções da Torah: Parashat Shavua Miketz termina de repente no meio do capítulo 44, para dar lugar a uma nova Parasha, VeYigash. Assim, o fluxo deste capítulo, completamente ininterrupto nas traduções, quebra no meio do capítulo para um leitor do Hebraico. Há uma quebra, uma pausa, algo importante está para acontecer –e então lemos a primeira frase da próxima Porção–, VeYigash: Então Judá se aproximou dele… É aqui, na VeYigash, após a mudança de Judá e o discurso de Judá, que José se revela a seus irmãos.

Vamos dizer algumas palavras sobre Judá: afinal ele tem sido um participante chave ao longo de toda esta história. Sua voz é decisiva toda vez que algo está para acontecer: é de acordo com sua sugestão que José é vendido para o Egito; é depois de suas palavras que Jacó/Israel libera Benjamin para ir ao Egito; e é depois de seu discurso que José já não pode se conter e revela sua identidade. Entre todos os irmãos, Judá parece ter um papel proeminente e uma autoridade extraordinária. Então quem ele representa?

Todos sabemos que tanto o Rei Davi quanto Jesus eram descendentes de Judá. Você também deve saber que o nome Hebraico de Judá, Yehudah (יהודה), pode ser traduzido literalmente como “ação de graças” ou “louvor”: o verbo lehodot (להודות) significa “agradecer” ou “louvar”, e o nome Hebraico Yehudah é a forma substantiva desta raiz (ידה). No entanto, poucos estão conscientes de que o verbo lehodot tem ainda outro significado: admitir, confessar. Por exemplo, Vidui, o nome Hebraico de uma prece especial de confissão lida antes e durante o Yom Kippur (Dia da Expiação), vem da mesma raiz. Não há dúvida de que este aspecto de ‘confissão’ de Judá fornece uma importante percepção adicional em nossa história.

Tendo dito tudo isso, deixarei para vocês decidirem quem é representado por Judá no cenário do fim dos tempos. Como na história de José, o reconhecimento do não reconhecido será possível somente após o teste ser concluído. Todas as nações serão testadas com o que é mais próximo e mais querido ao coração de Deus –como em nossa história–, todos os irmãos têm que estar prontos para retornar com Benjamim e novamente adar por todo o caminho. No entanto, para que José libere suas lágrimas ‘contidas’, deve haver Judá que estará pronto para intervir e aproximar-se de José: Veyigash. Quando Judá, e aqueles que são representados por ele, estão finalmente dispostos a dar suas vidas por este irmão, só então José permite que suas lágrimas contidas fluam –e só então o Messias– filho de José se revela a seus irmãos, caindo sobre o pescoço de “Benjamin” e chorando.

Tempo de Adão até o Dilúvio

GN.5.1-32 – A GENEALOGIA DE ADÃO ATÉ NOÉ. 

ENOQUE ANDOU COM DEUS.

Grande parte dos autores bíblicos apresenta genealogias em seus escritos. Estas listas familiares tornam-se evidências da seriedade do autor e conferem ao texto aspecto documental.  Personagens lendários não necessitam de genealogia, ou melhor, não a possuem. 
No capítulo 5, o autor percorre 1558 anos de história da humanidade, mas cita nominalmente apenas 13 personagens.  Seu propósito era apenas chegar a Noé para narrar o episódio do Dilúvio.  O que se diz sobre a maioria dos 13, é algo bastante comum: nasceram, tiveram filhos e filhas, e morreram.  Enoque, porém, é colocado em evidência porque ele era diferente dos demais. É verdade que ele nasceu, teve filhos e filhas, afinal não era um alienígena. Contudo, o texto não diz que ele morreu.  Numa época de corrupção, Enoque andou com Deus. Tendo sido diferente, teve um rumo diferente. Todos os outros personagens do capítulo 5 morreram, mas isto não é dito a respeito de Enoque.  Deus o tomou para si. Desse modo, ele se tornou um protótipo do arrebatamento da igreja. 
Nós, servos de Deus, precisamos andar com ele. O cristianismo não é meramente uma religião, é uma vida de relacionamento com Deus. 
Quem anda com Deus não é livre para fazer qualquer coisa, mas é livre de muitas coisas ruins. Quem anda com Deus não é livre para ir a qualquer lugar, mas somente aos lugares aonde Deus vai.  Contudo, andar com Deus não é restrição para a nossa liberdade. Pelo contrário, é garantia de liberdade, pois quem anda com Deus não pode ser impedido de prosseguir.
Andar com Deus, como fizeram Enoque (5.24) e Noé (6.9), significa viver com ele e não apenas realizar atos religiosos em sua homenagem.  Andar com Deus é incluí-lo em todos os setores da nossa vida. Andar com Deus é percorrer o caminho de Deus.  Certamente, não será ele que andará pelos nossos caminhos.  Isto significa fazer a sua vontade, escolher o seu rumo, aceitar a sua direção.  Conseqüentemente,  nós o teremos como companheiro, amigo e amparo constante.  Andando com Deus, chegaremos a um bom lugar, onde estaremos para sempre com o Senhor. 
Enoque viveu 365 anos antes de seu desaparecimento. A bíblia diz que depois dos 65 anos, ele andou com Deus durante 300 anos.  Isto é perseverança. É persistência e determinação. Não adianta andar com Deus um dia e depois abandonar o seu caminho.  Precisamos andar com Deus até chegarmos ao final desta viagem sobrenatural. Andar com Deus é uma expressão que pode ser interpretada como crescimento espiritual, progresso espiritual, ou, usando a linguagem do Novo Testamento, “andar em Espírito” (Gálatas 5.16) no caminho que é Cristo (João 14.6).

UTILIDADE DAS GENEALOGIAS
A seguir apresentamos a genealogia do capitulo 5 de Gênesis.
 Personagem
Idade quando gerou o personagem seguinte.
Idade por ocasião de sua morte
ADÃO
130
930
SETE
105
912
ENOS
90
905
CAINÃ
70
910
MAALALEEL
65
895
JEREDE
162
962
ENOQUE
65
365
MATUSALÉM
187
969
LAMEQUE
182
777
NOÉ
500
SEM, CÃO E JAFÉ

130+105+90+70+65= 460  Nascimento de Enoque

460 anos + 365 = 825 anos Tempo de Enoque na terra

Voltando para a contagem do calendário.

460+187+182= 829 
Noé nasce quatro anos depois de Enoque ser arrebatado.

829 +500 anos nasce os três filhos de Noé e começa a construção da Arca por 100 anos.
A idade do homem é reduzida para 120 anos, mas o tempo de construção da Arca é 100 anos.

829+600= 1429 Começa o Dilúvio

De Adão até o Dilúvio foi 1656 anos.

1656-600=1056
1656-969 (idade de Matusalém)= 687 Anos.

Matusalém morre com 969 anos, que foi o ano que começou o Dilúvio.
Enoque subiu 144 anos antes de começar o Dilúvio. Como Noé pregou 100 anos, então Enoque sequer participou da construção, apesar de ter pregado que o fim viria, como disse Judas:

E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;
Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.
Judas 1:14,15

A leitura das genealogias é considerada normalmente como algo cansativo, monótono e inútil. Contudo, não é assim, pois através delas podemos extrair muitas informações. Algumas delas são apenas para satisfazer nossa curiosidade. Outras podem até ser úteis no estudo bíblico.
A genealogia acima nos permite as seguintes observações e algumas conclusões:
-                      São apresentados 13 nomes que vão, desde Adão até os filhos de Noé.
-                      Somando as idades da coluna central, concluímos que desde a criação de Adão até o nascimento de Sem, passaram-se 1558 anos.
-                      Em todo esse tempo, devem ter nascido centenas ou milhares de pessoas. Contudo, o autor teve interesse de mostrar apenas os nomes que ligavam Adão a Noé.
-                      Os nomes das mulheres não são citados na genealogia.
-                      Notamos que a descendência de Caim foi extinta com o dilúvio.
-                      O dilúvio aconteceu no ano 1656 após a criação do homem, pois Noé tinha então 600 anos (Gn.7.11). 
-                      Curiosidade: durante parte da vida do pai de Noé, Adão ainda era vivo.
-                      Curiosidade: o homem que mais viveu, Matusalém, parece ter morrido no dilúvio, pois morreu no ano em que Noé teria 600 anos.
-                      Como os homens viviam séculos, tinham seus filhos bem mais tarde do que acontece hoje.
 * O texto de Gênesis 5 diz que Noé viveu 500 anos e teve três filhos, Sem, Cão e Jafé.  Este texto contém um arredondamento e um resumo dos fatos.  Isto poderia levar a crer que aos 500 anos de idade Noé teve três filhos gêmeos, mas não foi assim. Em Gn.10.21 vemos que Sem era o mais velho entre os filhos de Noé. 
Há quem questione as cronologias que se baseiam nas genealogias, alegando que possa haver omissão de personagens e, assim, omissão de períodos indefinidos de tempo.


6 de janeiro de 2017

A marca da besta

Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Efésios 5:5
Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. 1 Coríntios 5:11
Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. 1 Coríntios 5:10
Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento;1 Timóteo 3:3
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.1 Coríntios 6:10
Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; Colossenses 3:5
Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? 1 Coríntios 6:9
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 2 Timóteo 3:2
Portanto, meus amados, fugi da idolatria. 1 Coríntios 10:14
E os fariseus, que eram avarentos, ouviam todas estas coisas, e zombavam dele. Lucas 16:14
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Gálatas 5:20
Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Marcos 7:22
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.Lucas 12:15
Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar. 1 Coríntios 10:7
Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias; 1 Pedro 4:3
Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira. Apocalipse 22:15
Mas a fornicação, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Efésios 5:3
Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei. Hebreus 13:5
Porque, como bem sabeis, nunca usamos de palavras lisonjeiras, nem houve um pretexto de avareza; Deus é testemunha; 1 Tessalonicenses 2:5
Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Romanos 1:29

122 E hoje não há um leitor que não possa ler Atos 2:38 da mesma forma que eu posso ler Isto, e o resto Dela, simplesmente da mesma forma como eu A leio. Porém por causa de seus credos, e por causa de seus tíquetes denominacionais que eles tem em seu bolso, as marcas da besta que eles portam como cartão de companheirismo; e, e tomando essas coisas, eles crucificam para si mesmos a Jesus Cristo novamente, e O crucificam ante o público, e blasfemam o próprio Deus que prometeu fazer Isto, trazendo condenação sobre a raça.
123 Agora, ali, “eles”, não o pecador. “Eles”, ou seja, a igreja daquele dia, eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. É isto certo? Eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. Agora põem-se defeito na Palavra operando através do homem. Vêem, eles simplesmente invertem isto. Coisa que, está na pessoa, Isto, o Espírito Santo que está operando, é a vindicação de Deus.
(MENSAGEM - A ACUSAÇÃO 1963)

174 Observe a eclesia - observe o natural, o que ela fez com aqueles judeus. Esse era um povo que se segurava nas Leis de Deus. Não importa quantas igrejas se levantavam, seja o que fosse, eles estavam cegos para Cristo e se seguravam naquela Lei. E Deus lhes deu mantos, a cada um deles, porque eles desceram para o martírio. Vêem? Eles - eles - eles ficaram cegos por nossa causa.
175 Aqui agora a igreja que não conhece nada exceto a Bíblia; não importando o sistema eclesiástico, denominação, eles nada sabem a respeito disto, é tudo estranho para eles. eles O conhecem e somente a Ele. 
176 As pessoas hoje são de alguma forma como Pedro e os outros que estavam sobre o Monte da Transfiguração. Eles ficaram todos entusiasmados quando viram o sobrenatural acontecer e um disse, “Nós faremos uma igreja de - de profetas, e uma para Moisés”. E esta é a maneira que as pessoas, que os Pentecostais fizeram. Eles disseram, “Nós faremos uma Assembléia de Deus; e uma Igreja de Deus; e uma da Unicidade; e uma das Duas Pessoas”; e assim sucessivamente, desta forma. Mas enquanto ele ainda estava falando, Jeová clamou, “Este é Meu Filho amado, o Qual é a Palavra, a Ele ouví; Ele é a Palavra”.
177 A hora em que estamos vivendo, o eclesiástico, os espíritos, se unindo agora e trazendo-os todos a este grande massacre para destruir, já está documentado aqui esta nação agora. E estas igrejas tem que ser fechadas, a menos que você esteja com uma organização. É uma união; é um boicote, exatamente como a marca da besta. E agora você vê o que é a besta, não vê? É um poder. E um poder, um poder eclesiástico, Jesus disse que isto seria tão parecido com a coisa verdadeira, que enganaria ao próprio Eleito, se fosse possível. Mas Ele prometeu ter algo aqui para nós naquele dia, que não seríamos enganados, e isto é a Palavra, e Cristo para fazer Isto manifesto para nós.
178 Eles são demônios sobrenaturais não vistos pelos olhos, mas você pode ver o que eles estão fazendo. Vêem?
179 Observe, enquanto aquele grupo está cavalgando, se preparando para desafiar tudo que não concorda com eles, há outro grupo se aprontando após algum tempo - Apocalipse 19. Na próxima vez que a Igreja é ouvida, Ela também vem, não exatamente sobre cavalos, mas a Bíblia diz que Ele estava sobre um cavalo branco, e as potestades do Céu O seguiam sobre cavalos brancos. É isto certo? Enquanto este grupo aqui embaixo tem dois mil presos no rio Eufrates, e foram presos por dois mil anos, também essa igreja tem preso o Espírito Santo por aproximadamente dois mil anos, sob o martírio ali atrás e sob as eras da igreja. Foi preso, não no rio Eufrates, mas na porta de credos e dogmas, pois o Espírito Santo não pode operar na igreja por causa dos sistemas feitos pelos homens. Mas Ele será liberada. Ela voltará. É isto que a Bíblia diz. E os dois se encontrarão no terreno de batalha, Lúcifer e Miguel outra vez, como no princípio.
180 Eles ficaram presos por quase dois mil anos - por quase dois mil anos. Não exatamente dois mil, porque os Romanos seguiram em frente (Titus, 96 A.D., e assim por diante) para matar os judeus, os Romanos. Quem matou os judeus? Quem foi Titus? Um general Romano. E o sangue aí rolou portões abaixo, até o.....massacraram suas mulheres, filhos e tudo mais. Ezequiel 9 não diz que eles fizeram aquilo? Foram no meio da cidade e colocaram uma marca no povo que suspirava e chorava, o - o Espírito Santo. E o restante deles, o homem massacrador chegava, que seria preso (“segure-os!” até eles passarem), e massacraram tudo que havia ali. Moças - mulheres, crianças, bebes, e tudo mais, todos eles foram assassinados. Exatamente, aqui está outra vez se repetindo. E aqui está aquele sistema eclesiástico voltando, reprimindo, marchando sobre tudo que é de Deus. Oh, eles têm seus sistemas, e organizações e denominações, mas aquilo não tem nada a ver com a Bíblia. Eles lhes dirão rapidamente que nem mesmo crêem Nisto. Sim, senhor! Dizem o que a igreja diz, É o que Deus diz; Aquilo é a Palavra.
181 A Noiva está com a Palavra, eles são um. Como podem eles serem Um? Quando aquela Palavra, que está escrita aqui, entra em você, e você e a Palavra se tornam Um (aquilo é exatamente o que Ele prometeu), então Isto interpreta....
182 Deus não necessita de intérprete. Eles dizem, “Bem, nos a interpretamos assim”. Você não tem o direito de interpretar nada. Deus faz a Sua própria interpretação. 
(MENSAGEM - A FESTA DAS TROMBETAS 1964)

298 Vocês se recordam de Cristo falando à igreja, disse: “Tens porém isto, que odeias as obras dos nicolaítas, as quais Eu também odeio.” Tentando conquistar, tirar o Espírito Santo, apenas um homem santo, o qual poderia perdoar todos os pecados e tudo.
299 Há pouco lemos isto ali, Paulo falando disto. Que estas coisas aconteceriam nos últimos dias. E ele não poderia ser revelado até os últimos dias. “Então aquele que resiste, tirará o Espírito de Deus dali; e então ele se revelará.”
300 Hoje ele está sob o disfarce de um cavalo branco. Observe como ele muda daquele cavalo branco em poucos minutos. Ele não somente se torna um cavalo branco; ele se torna uma besta com muitas cabeças e chifres. Vêem? Vêem? O cavalo branco, ele é um enganador agora e esta é a razão pela qual as pessoas não sabiam disto em todo este tempo. Elas o imaginam, mas aqui está ele agora; será revelado pela Escritura. Observe.
301 Quando o nicolaismo, veja, o anticristo, é finalmente  encarnado em um homem, então ele é coroado. Quando ele começou como um espírito nicolaíta na igreja, ele era um espírito. Você não pode coroar um espírito. Mas trezentos anos depois ele se tornou um papa, e então eles o coroaram. Para começar ele não tinha nenhuma coroa. Mas ele obteve uma coroa depois, vejam, quando aquele espírito se encarnou. Vêem? Ele se tornou um homem. A doutrina nicolaíta se tornou um homem,  então eles puderam coroá-lo. Eles não tinham feito isso porque ele era apenas uma doutrina.
(MENSAGEM - O SEXTO SELO 1963)

362 Então em Apocalipse 12:7- 9, quando Satanás foi expulso, o acusador. Você deseja anotar isto, porque eu quero ler isto. Nós não temos tempo agora; porque são vinte -- quinze para às dez. Vêem? Mas em Apocalipse 12:7-9, “Satanás,” o espírito, “o Diabo,” o qual está ali em cima agora, “acusador de nossos irmãos.” Correto.
363 A Igreja é tomada, e Satanás é expulso. Quando a igreja sobe, Satanás desce, então Satanás se encarna no anticristo e é chamado “a besta.” Então, em Apocalipse 13, ele estabelece a marca. Vêem?
364 “Quando aquele que resiste,” agora o cristianismo só está na terra em sua pureza, por causa “Daquele que resiste.”
365 Vocês se recordam aqui atrás em Tessalonicenses, “assentado sobre o templo de Deus, chamando a si mesmo de Deus, perdoando pecados na terra.” E aquilo continuará, “e a iniquidade se multiplicará,” porque ele não será conhecido, ainda, até o tempo em que for chamado para ser revelado.
366 Então a Igreja será tomada. E quando ela for tomada, então ele é mudado de anticristo agora, oh, que coisa, “a igreja, a grande igreja e...,” agora, ele se torna “a besta.” Oh. Eu gostaria poder fazer o povo ver isto.
367 Agora, recordem, o anticristo e a besta são o mesmo espírito. Aí está a trindade. Sim, senhor. São os três estágios do mesmo poder do Diabo. Recordem, nicolaítas, vejam, ele teve que se encarnar antes que ele pudesse ser coroado. Vêem? Agora, observe isto, três estágios. No primeiro estágio ele é chamado de anticristo; no segundo estágio ele é chamado de falso profeta; no terceiro estágio ele é chamado de besta.
368 Observe, nicolaíta, o ensinamento anticristo que começou nos dias de Paulo, contra a Palavra de Deus, anticristo. 
369 Então ele é chamado novamente de falso profeta. Quando o ensinamento se tornou um homem, ele era um profeta para o ensinamento da hierarquia, da -- da hierarquia da Igreja Católica. O papa foi o profeta da falsa palavra e aquilo fez dele um falso profeta.
370 O terceiro estágio é uma besta, um homem que é coroado nos últimos dias, com cada poder que a Roma pagã sempre teve. Porque, a besta de sete cabeças, o dragão, foi lançado dos céus, e veio encarnado no falso profeta. Aqui está, ele tinha sete coroas, e ele foi lançado e jogado na terra e no mar. Correto. 
371 O que estamos dizendo? Quem é este cavaleiro, este cavaleiro do cavalo? Você sabe quem é? É o super-homem de Satanás. 
372 Eu fui outra noite, dois irmãos assentados nesta igreja agora;  irmão Norman, ali atrás, e, eu creio, e o irmão Fred. Nós fomos ouvir um homem ensinar sobre o anticristo. Um homem bem conhecido, um dos melhores que as Assembléias de Deus têm, e sua interpretação do anticristo era que, “eles vão tirar algum tipo de vitamina de um -- de um homem e transferir esta vida de um homem para uma enorme imagem que vai pisar em cima de uma quadra da cidade de uma só vez. E aquilo vai... Pode você imaginar um homem cheio do Espírito Santo, ou que alega ser, sob uma ilusão tal como essa?
373 Quando, aqui está a Bíblia, diz quem é o anticristo. Ele não é um... Ele é um homem. Observem, este cavaleiro não é nada a não ser o super-homem de Satanás, o Diabo encarnado. Ele é um gênio educado. Agora, eu espero que você tenha seus ouvidos abertos. Eles estavam entrevistando um de seus filhos há não muito tempo atrás, em um programa de televisão, para ver se ele não era mais inteligente do que o outro homem para concorrer à presidência. Vêem? Mas,  seja como for, ele teve muita sabedoria; Satanás também tem. Ele tenta vender isto. Ele a vendeu para Eva. Ele nos vendeu isto. Nós temos estado desejando um super-homem. Nós o temos. Correto. O mundo inteiro está querendo um super-homem. Eles vão obtê-lo. Apenas espere até que a Igreja suba e Satanás seja lançado; ele encarnará. Isto é correto. Eles querem alguém que realmente possa fazer o trabalho. Ele o fará.
374 Educados! Este um... É o super-homem de Satanás, com educação, com sabedoria, com a teologia de igreja de sua própria palavra, de seu próprio feitio. E ele cavalga seu cavalo branco denominacional para enganar o povo. E ele conquistará cada religião do mundo, porque todos eles entrarão em uma confederação de -- de... de igrejas e a confederação mundial de igrejas. E ele já tem seus edifícios construídos e tudo mais colocado em linha. Não está faltando mais nada. Cada denominação se introduziu diretamente nisto, na federeção de igrejas. E o que está apoiando isto? Roma. E o papa agora está clamando: “Somos todos um. Vamos nos reunir e andar juntos.”
375 E estas pessoas, mesmo algumas de vocês, gente do Evangelho Completo, negam, têm que negar seu ensinamento evangélico para dar um passo como aquele. O que vocês têm feito? Tão cegos quanto a essa coisa denominacional,  vocês têm rejeitado a Verdade. E a Verdade foi colocada diante deles, e eles -- eles se afastaram imediatamente Dela, e A deixaram. E agora lhes tem sido “enviada a operação do erro para crerem numa mentira e serem condenados por ela.” Isto é exatamente o que é.
376 E o anticristo toma tudo. E a Bíblia diz  que “ele enganou a todos,” “todos sobre a face da terra, cujos nomes não estavam escritos sob aqueles Selos desde a fundação do mundo.” [O irmão Branham bate palmas -Ed.] Agora, se a Bíblia diz que ele  escreveu, ele escreveu.
377 Eles dizem: “Bem, eu pertenço...” Aí está você. Sim. Isto está exatamente correto. É a mesma instituição de prostitutas. É o mesmo sistema que começou no princípio que é totalmente anticristo.
378 Eu vou ouvir por causa disto, mas isso... Essa é a Verdade. Eu espero. Amém.
379 Agora, observem, ele conquistará. E já quase o tem a seu alcance agora, enquanto ele continua sendo anticristo antes que possa se tornar a besta. Você fala a respeito de uma punição cruel? Apenas espere. [O irmão Branham bate no púlpito quatro vezes - Ed.] Observem o que terão que passar aqueles que forem deixados aqui na terra. “Haverá choro, lamento e ranger de dentes. Pois o dragão, Roma, lançará água de sua boca para fazer guerra com o remanescente da semente da mulher, que foi deixada sobre a terra depois da Noiva haver sido selecionada e tirada. E o dragão guerreia com o remanescente que não quis entrar e foi  perseguido.”
380 E a verdadeira Igreja passaria por isto se fosse possível; mas, veja você, ela está a salvo sob este Sangue, através da graça de Cristo, ela não passará através de nenhuma tribulação. Ela não tem nenhum período de tribulação. E a próxima coisa para a Igreja é o rapto. Amém, e amém! Isto podia continuar. Oh, como eu amo isto.
381 Deixe-me lhe dizer. Estamos falando a respeito do que o conquistador fará, e ele realmente irá conquistar. Ele já o fez. Isto já está costurado, isto é tudo; vão se atar com o dinheiro, lucros imundos. Isto é exatamente. Eles amam mais o dinheiro do que a Deus. Tudo o que eles pensam agora é: “Quanto dinheiro ele tem?” O que é isto?
382 Você sabe que isto tem sido dito muitas vezes: “Dê  dinheiro à igreja e ela revolucionará o mundo. Dê  dinheiro à igreja e ela enviará evangelistas ao redor do mundo inteiro. E o que ela fará? Ela conquistará o mundo para Cristo.”
383 Deixe-me lhes dizer algo, meu pobre, cego amigo. O mundo não é ganho através de dinheiro, mas através do Sangue de Jesus Cristo. Que Deus nos dê homens que sejam homens corajosos, que se firmarão naquela Palavra, seja para viver ou morrer; esse conquistará. Oh. Ali haverá só uma coisa que pode ser conquistada, aqueles que têm seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro desde antes da fundação do mundo. Esta é a única coisa que ouvirá isto. Dinheiro não tem nada a ver com isto; os faz afundar mais em suas tradições denominacionais.
384 Vejamos. Sim, com gênios educacionais, ele estará. Ele será inteligente. Que coisa! Que coisa! Que coisa! E todos os seus filhos ao redor dele serão inteligentes: Ph.D, LL.D., LL.D., Q.S.D., A.B.C.D.E.F. até ao Z. Eles terão  tudo isto. Espertos. Por que? São segundo a ordem de Satanás. Toda astúcia sagaz contra a Bíblia é de Satanás.
385 Foi exatamente com isto que ele pegou Eva. Eva disse: “Oh, está escrito, Deus disse para não fazermos isto.”
386 Ele disse: “Mas espere. Com certeza Deus não fará isto. Mas eu abrirei o seus olhos e lhe darei alguma sabedoria.” Ela a obteve.
387 Nós a temos desejado; nós a temos também, esta nação. Observe, ele conquistará toda a religião do mundo. Ele conquistará, fará um pacto com o povo de Daniel. Aqui estão, ambos, gentios e o povo de Daniel, os judeus na última semana. E aqui estamos, temos mesmo desenhado nos quadros. E vocês vêem isto perfeitamente, aí está. Graças a Deus. Ali está ele. Aquele sistema organizacional é do Diabo. E não há nenhum recuo em nenhum dos dois. Vêem? É exatamente isto. É a raiz do Diabo. É um...
388 Agora, não as pessoas, não o povo ali. Elas são gente de Deus, muitas delas. Mas você sabe de uma coisa, quando chegarmos aqui, até obtermos aquelas trombetas soando; e, na próxima vez que eu vier, estas trombetas soarão. E vocês recordam, quando aqueles últimos anjos... Aquele terceiro anjo veio: “Sai dela povo meu.” Quando aquele anjo voa ao mesmo tempo em que a mensagem chega aqui para a última trombeta, a mensagem do último anjo, o último Selo é aberto. Tudo acontece ao mesmo tempo. Sim, senhor. Tudo é selado e entra na eternidade.
389 Agora, o que? Ao mesmo tempo que este sujeito está conquistando... Então concluirei. Deus fará algo  então,  também. Não vamos dar todo o crédito a Satanás aqui, vejam. Não vamos falar só dele. Vêem? Enquanto estas grandes coisas estão acontecendo ali fora, este grande sistema envolve estas organizações numa união para que  possam se ajuntarem e se colocarem contra o comunismo, e não sabendo que Deus levantou o comunismo para conquistá-los. Claro.
390 O que -- o que -- o que fez o comunismo se levantar na Rússia? Por causa da impureza da Igreja Católica Romana e o restante delas. Eles tiraram todo o dinheiro que havia na Rússia e deixaram as pessoas morrer de fome, e ao invés de lhes deixar viver como o restante do mundo,  não lhes deram nada.
391 Eu estava lá embaixo no México, há não muito tempo atrás e vi aquelas pobres criancinhas. Nenhum país católico é auto-sustentável. Não existe nenhum deles. Indague para mim onde. Mostre-me onde eles estão. Nenhum país de controle católico pode sequer sustentar a si próprio. França, Itália e todos eles, México, seja onde você for, eles não são auto-sustentáveis. Por que? A igreja tirou tudo que eles tinham. Esta é a razão pela qual a  Rússia a chutou para fora. Observe o que aconteceu.
392 Eu mesmo sei disto. Eu me coloquei de pé ali embaixo. E, pelo tocar dos sinos, parecia que havia um jubileu de ouro. E aqui uma pobre mulherzinha descendo a rua, arrastando seus pés. E o pai carregando um bebê, e dois ou três deles chorando. Ela estava fazendo penitência por uma mulher morta ali. Eles a tinham feito... pensar que ela chegaria ao céu através daquilo. Oh, que coisa lamentável!
393 Então eu vi de pé ali embaixo, vinha... O sistema econômico deles é tão pobre!  A igreja tirou tudo que eles possuíam. Aqui como o pequeno Pancho, talvez -- talvez  Pancho Frank. Ele desce, e ele é um pedreiro, e talvez ele ganhe vinte pesos por semana. Mas ele precisará de todo os vinte pesos para comprar um par de sapatos. Esta é a economia deles. Mas agora aqui, que tal então se ele tem sido um pedreiro ou um assentador de tijolos e ganha vinte pesos por semana, estou apenas dizendo. Eu não sei o quanto ele ganha, mas digamos que  esse é o tipo de economia que oscila. Observem, agora, se ele faz vinte pesos por semana.
394 Aqui vem Chico, vejam, que significa “pequenino,” e ele trabalha ali fora por cerca de cinco pesos por semana. E ele tem dez filhos para alimentar; mas ali haverá alguém batendo em sua porta para tirar cerca de cinco daqueles pesos ou quatro deles de qualquer modo, para comprar algumas velas gordurentas para queimarem em um altar de ouro de um milhão de dólares por seus pecados. Aí está você. Esta é a estabilidade da economia. Esta é a maneira que os seus países estão.
395 A coisa leva tudo. A igreja fica com tudo. Ela simplesmente tem isto em suas mãos. Isto é tudo. E ela, com o dinheiro dos judeus naquele pacto, como  a Bíblia diz, que eles tomarão a coisa toda.
396 E então ele se torna uma besta. Ele rompe seu pacto; ele violenta. Ele dilacera todo o restante da semente daquela mulher, desta forma. E lança água de sua boca; faz guerra. E ali haverá choro e lamento e ranger de dentes.
397 E a Noiva  nas bodas na glória, vejam, ao mesmo tempo. Não percam isto, amigos. Deus me ajude! Eu -- eu desejo estar ali. Não me importa o quanto isto custe. Eu -- eu desejo estar ali.
398 Agora, observe, ao mesmo tempo que isto estiver acontecendo, ou melhor, pouco antes disto acontecer na terra, Deus prometeu... Enquanto todas aquelas denominações vacilantes, discutem suas diferenças em relação a seus credos, Deus prometeu que Ele nos enviaria um verdadeiro profeta da Palavra verdadeira, com uma mensagem; para retornar à Palavra original de Deus, e “à fé dos pais,” para trazer o poder do Espírito Santo no meio do povo, com um poder que a levantará acima destas coisas e a colocará para dentro ao mesmo tempo. Sim, senhor. A mesma Palavra vindicou que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente! “Eis que estarei sempre convosco, até a consumação. E as obras que faço também as fareis. Estarei convosco. Um pouco mais e não Me vereis mais,” porque eles se organizarão e se espalharão. “Mas vós Me vereis, pois Eu estarei convosco. Estarei até mesmo em vós, até a consumação.”  Quando,  Ele disse que Sua indignação seria derramada depois da consumação. Aí está você. Ó, Deus!
399 Quem é aquele cavalo branco? Você não está cego. Você vê quem é ele. É esse anticristo, esse espírito enganador que saiu agora e avançou. Fez... E então, vejam,  Deus apenas continua repetindo isto. Ele mostrou que há um homem indo adiante com um cavalo branco e com seu arco sem flecha. Ele é um impostor. Ele não tem poder. Você diz: “O poder  da igreja.”  Onde está ele? O que eles fazem? Eles dizem: “Nós somos a igreja original.” A igreja original expulsava demônios, curava os enfermos e ressuscitava os mortos, tinha visões e tudo mais. Onde está isto agora? Vêem? Ele é um blefe: arco sem flecha. Isto é correto.
400 Mas veja você, quando Cristo veio, uma espada saiu de Sua boca, como um relâmpago. Ela saiu e consumiu seus inimigos e expulsou o Diabo. Ela corta tudo. E Ele veio, Suas vestes salpicadas de Sangue, e em Sua coxa estava escrito: “A Palavra de Deus.” Amém. Aqui vem Ele com o Seu exército, vindo do céu.
401 Aquele cavaleiro do cavalo branco estava na terra o tempo todo. Ele mudará de anticristo. Ele faz isso e se torna um falso profeta. Veja, ele primeiro começou como anticristo, um espírito; então ele se torna um falso profeta; então mais tarde, quando o Diabo é expulso, então o Diabo encarna nele. Três estágios! No primeiro, para começar, ele é o Diabo, um espírito do Diabo; então ele se torna um falso profeta, ensinador de uma falsa doutrina; no passo seguinte vem como o próprio Diabo, ele mesmo, encarnado. Vêem? Aí está ele.
402 E ao mesmo tempo que este Diabo cai do céu e se encarna em um homem, o Espírito Santo sobe e volta encarnado em um Homem. Amém. Oh, que coisa. Que tempo.
(MENSAGEM - O PRIMEIRO SELO 1963)

151 Quando você chega lá em cima, e tem que ter a visão aguçada da águia, para ver o que está vindo, e saber  o que fazer. Agora, a era da águia o revelou. Agora, encontramos, que a era da águia foi prometida em Apocalipse 10: 7 e em Malaquias...: 1, 4. Aquilo seria nos últimos dias, veja, isso é certo, que estaria aqui. Correto. Observe.
152 Agora, este sujeito, encontramos que ele está cavalgando sobre um cavalo amarelo. Amarelo! Oh, que coisa! Depois, observe depois...
153 “Sessenta e oito milhões de Protestantes,”  como tomamos da -- da Gloriosa Reforma de Smucker, da -- da martirologia de Roma, na última noite. Encontramos que, na marca de 1.500, creio que foi, ou 1.800... Eu não me recordo exatamente agora.  Mas sessenta e oito milhões foram levados à morte, por protestarem a primeira igreja Romana, Roma. Não é de se admirar, que ele pudesse personificar a si mesmo no nome personificado de... e chamado Morte. Ele certamente era.
154 Agora, somente Deus sabe a quantos ele causou a morte espiritual, através de seu ensinamento antibíblico, anti Palavra! Estes são unicamente os sessenta e oito milhões  que ele matou à espada  e os matou. E provavelmente,  literalmente,  bilhões morreram espiritualmente, sob seus falsos ensinos. Não é de se admirar que ele tomasse o nome de Morte!
155 Vêem o cavaleiro? Em primeiro lugar, como um anticristo, ele era morte, para começar; mas ele era inocente então.  Assim ele recebeu uma coroa, uma tríplice; e quando ele recebeu, então ele uniu, Satanás uniu sua igreja e o estado,  porque ele estava sobre ambos então. O anticristo era Satanás, na forma de um homem.
156 E então, também, S. Mateus, eu creio que é, capítulo 4, nos diz isso -- isso. Satanás tomou a Jesus, nosso Senhor, lá em cima, e Lhe mostrou os reinos do mundo, todos eles, num momento, e a glória deles, os ofereceu a Ele. E ele disse... Eles, que eles eram seus.
157 Então, vejam vocês, então, se ele pode unir seu estado e sua igreja, então o cavaleiro do cavalo vermelho podia cavalgar, bastante. Vêem? Verdadeiramente! Agora, então,  encontramos seu mistério aqui, em sua igreja e estado.
158 O quarto estágio de seu ministério, ele é chamado a besta. Primeiro ele é chamado o anticristo, vejam; então ele é chamado o falso profeta; e ele é chamado a besta. Agora, nós o encontramos aqui sendo chamado como a besta. Agora, eu quero que vocês observem, isto é depois do quarto cavalo.
159 E neste quarto cavalo, se vocês observarem, tudo... O primeiro era branco; e então o próximo era vermelho; e o próximo era preto; e o quarto, todos aqueles outros três estavam representados neste;  porque,  amarelo é vermelho e -- e branco e tudo misturado. Vêem?  Ele... Isto --  isto foi tudo misturado neste cavalo. Vêem? E ali ele se torna quatro, ou,  na verdade, três em um. E estava tudo misturado naquela mesma coisa.
160 Agora eu quero que vocês observem o quarto. Observem o desacordo, do quatro, na matemática espiritual. Deus está no três. Este é quatro. Ele está em quatro, aqui. Primeiro, anticristo, branco; segundo, falso profeta, vermelho; terceiro, vigário dos céus e terra e -- e do purgatório, preto; quarto, a besta, cavalo amarelo, Satanás sendo lançado do Céu. Você deseja ler isso? Apocalipse 12:13, Satanás sendo lançado do Céu. Então em Apocalipse 13: 1-8, ele está encarnado na pessoa da besta.
161 Ele primeiro é o anticristo, um simples ensinamento chamado Nicolaíta; então daquilo ele se torna em um falso profeta. Se ele é um anticristo, anticristo significa contra. Tudo que está contra a Palavra de Deus está contra Deus, porque a Palavra é Deus. “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra se fez carne, Cristo, e habitou entre nós.” E agora ele está contra a Palavra, então ele é anticristo. Mas um espírito não pode ser coroado; essa é a razão pela qual ele não recebeu uma coroa. Somente um arco, sem flechas.
162 E então quando ele chega, a hora da coroação, então ele se torna o falso profeta de seu ensinamento anticristo. Entendem? Então ele recebe uma espada, porque ele une seus poderes, assim ele não tem que rogar permissão a ninguém. Ele é governante do estado; ele é governante do Céu. Recebe uma coroa tríplice. Inventa por si mesmo uma idéia chamada “purgatório.” Onde, se -- se algum deles morresse e fosse para lá, e tivesse dinheiro, e quisesse pagar para sair, ele podia orar para eles saírem. Porque, ele tinha o poder para assim fazer; ele é um vigário. Certamente, ele é. “Ele toma o lugar de Deus na terra.” Se isso não é tão claro como qualquer coisa!
163 O encontramos, em todas as partes na Bíblia e contamos seu número e tudo mais. Aqui está ele...?... Exatamente no número quatro, não no número três. Número quatro, vejam.

192 Observe, Satanás está totalmente em seu trono. Sim, senhor. O ofereceu a Deus, o ofereceu ao nosso Senhor. Aqui está ele, assentado aqui, com seu coração de besta. Agora, aqui está a pessoa, a besta, o diabo encarnado. Ele faz a sua aparição aqui na terra, sob a falsa pretensão. Oh, misericórdia! Sob a  falsa pretensão da Palavra verdadeira, ele se associa com a Palavra.
193 Ele fez exatamente a mesma coisa que seu -- seu tipo fez, o qual foi Judas, dois mil anos atrás. O que ele fez? Judas entrou, como um crente, sendo um diabo desde o princípio. “Ele nasceu filho da perdição.” Ele não enganou a Jesus, porque Ele o conhecia desde o princípio; amém, pois Ele era a Palavra. Correto. E, recordem, Judas tomou o lugar como tesoureiro, e caiu pelo dinheiro.
194 Do mesmo modo faz a igreja deste dia! A igreja Católica, como observamos ontem à noite, cobrando por novenas, cobrando por orações, cobrando por tudo. É quase a mesma coisa, e cai do mesmo jeito nas filhas da igreja Católica, que são os protestantes. A coisa toda está envolvida com dinheiro. Foi ali onde Judas caiu, e aqui está onde ele caiu, e ali está onde os protestantes caem.
195 Observem, cavalgando um cavalo amarelo enquanto ele aparece na sua cavalgadura, nesta última cavalgada. Ele está na sua última agora. Agora, isto não é no nosso dia. Isto será mais adiante. É o Selo, predito. Porque, veja, a Igreja tem subido quando isto acontece. Quando Cristo aparecer aqui na terra, assim -- assim -- assim... Este sujeito aparece, e se torna completamente, completamente o Diabo; de anticristo, por todo o percurso, até falso profeta, então em besta, o Diabo mesmo. E ele está cavalgando em um cavalo amarelo, colorido com várias cores misturadas, para torná-lo pálido e mortal.
196 Mas quando o nosso Senhor aparecer aqui na terra, Ele estará cavalgando um cavalo branco como a neve. E Ele será completa, e totalmente Emanuel, a Palavra de Deus encarnada em um Homem. Vêem? Você pode ver quanta diferença há entre eles. Esta é a diferença.
197 Observe, o anticristo estava em um cavalo amarelo, cores misturadas. Um cavalo é uma besta que representa poder. Seu poder está todo misturado. Por quê? É a política, são -- são os poderes nacionais, são os poderes religiosos, são os poderes do demônio. São todos os tipos de poderes misturados, uma mistura, foi o cavalo amarelo. Ele tinha todos os tipos de poderes.
198 Mas quando Jesus vier, estará sobre um cavalo de cor sólida, a Palavra. Amém! 

(MENSAGEM - O QUARTO SELO 1963)