26 de agosto de 2016

OUROBOROS - A verdade sobre a nuvem de sete anjos

Recentemente tem crescido muito o número de igrejas da Mensagem que estão priorizando seus ensinos baseados na imagem da nuvem - que foi intitulada de sete anjos - para afirmarem que se trata da manifestação do filho do homem e para alguns (os novos revelados da terceira etapa) se trata da segunda vinda de Cristo. Alguns desses chegam ao extremo de crerem que o novo nome de Jesus é Branham por causa dessa imagem.
Por essas e outras coisas que Deus tem me revelado segundo a sua Palavra que essa imagem da nuvem - que é uma pareidolia - na verdade é só um sinal para revelar os hereges e os verdadeiros dentro da Mensagem do irmão Branham.
 
A nuvem quando se olha a primeira vista, se vê uma figura de um homem com a cabeleira branca, por isso que é chamada de Pareidolia. Mas quando se olha os detalhes mais propriamente dito, se vê a figura de uma serpente engolindo a própria cauda, onde na mitologia é chamada de OUROBOROS.
 
Essa nuvem em particular foi usada pelo irmão Branham para vindicar sua visão de SETE ANJOS, mas como ele mesmo disse.. essa nuvem só foi conhecida por ele meses depois, quando numa visão ouviu uma voz que dizia para virar a foto. Quando ele virou a foto a meio giro, então viu uma semelhança de um homem com a cabeleira branca, onde então ele usou isso para dizer que foi a vinda de sete anjos que formaram essa imagem. Na verdade, a visão dos sete anjos não era a nuvem, mas uma visão que o irmão Branham teve a parte e só depois de um certo tempo que essa visão foi associada a essa nuvem por seguidores do profeta.
 
Assim como no candelabro com o nome dos sete mensageiros, onde o irmão Branham escreveu Elias e os seguidores da Mensagem escreveram BRANHAM então da mesma forma fizeram com a NUVEM para tentar impressionar os que estão de fora.

A nuvem é somente uma nuvem e não tem nada de anjo ou serpente e muito menos um rosto. O que mostra uma imagem de um homem ou mesmo quando se olha mais de perto os detalhes se vê uma serpente é que é o problema, pois isso revela a idolatria dos crentes que estão dentro da mensagem.



Olhando essa imagem como foi fotografada pela revista Life em Fevereiro de 1963, ela realmente dá a impressão de ser um rosto humano com uma cabeleira e barba branca, onde foi dito pelos seguidores da Mensagem nos Estados Unidos, como sendo a figura do rosto de Cristo e o próprio irmão Branham chegou a confirmar.

As sombras que dão a impressão de um rosto foi feita pelos crentes da Mensagem que buscam validar a imagem com suas pregações de que é o Cristo, mas essa montagem é falsa e denuncia a tendência herege de se fazer um ídolo.
Olhando em direção a orla da nuvem dá pra ver uma serpente engolindo a própria cauda.
Ela - a nuvem - forma uma semelhança de rosto com a cabeleira branca, mas seu formato mesmo é de uma serpente engolindo a própria cauda, o que representa na mitologia a eternidade. Essa foi a mesma promessa que a serpente fez para Eva no jardim de Deus, onde disse:

"Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal."

Gênesis 3:1-5
 
No centro dessa imagem, o que comprova essa mudança por parte dos que estão idolatrando a imagem, foi colocado sombras do rosto do Cristo de Hoffman, que o irmão Branham usou na sua igreja.
 
Essa imagem, associada a outras que foram usadas pelo irmão Branham seria o suficiente para mostrar o quanto o homem deve continuar com a Palavra e não olhar para o que o homem fala fora dela, mas infelizmente nesse teste, muitos crentes da Mensagem caíram e agora estão venerando a imagem, no lugar de adorar a Deus em torno da sua Palavra.

A Ouroboros ou Oroboro é uma criatura mitológica, uma serpente que engole a própria cauda formando um círculo e que simboliza o ciclo da vida, o infinito, a mudança, o tempo, a evolução, a fecundação, o nascimento, a morte, a ressurreição, a criação, a destruição, a renovação. Muitas vezes, esse símbolo antigo está associado à criação do Universo.

Origem

O significado da palavra ouroboros, de origem grega, é “devorador de cauda”. O mesmo resulta da junção das palavras oura, que significa “cauda”, e boros, que significa “comer” ou “devorar”.

Significado Místico

Figura mitológica e, muitas vezes, religiosa, o Ouroboros está presente em muitos textos antigos do Egito, da Grécia, da Índia, do Japão e é encontrado também na cultura dos astecas, em que o Deus-serpente, conhecido como a Serpiente Emplumada ou Quetzálcoatl surge mordendo a própria cauda.
No geral, Ouroboros faz referência à criação do Universo e pode simbolizar a continuidade, o eterno-retorno e o renascimento na Terra.
É também um símbolo maçônico. Para os maçons, ele representa eternidade e renovação, amor e sabedoria e é encontrado decorando as fachadas dos seus templos, tal como o esquadro e o compasso.
No Budismo, o Ouroboros simboliza o olhar para si como forma de evoluir espiritualmente, marcado pela ausência de início e fim. Por sua vez, na Alquimia é usado como um norteador das estações do ano, dos céus, a partir da representação da serpente que devora a própria cauda, simbolizando, dessa forma, a energia cíclica da vida, a unidade primordial, a totalidade do mundo.
Ademais, Ouroboros é o símbolo do Deus Romano Janus (Deus do início, das entradas e das escolhas); da serpente bíblica do Jardim do Éden; do símbolo chinês do Ying e Yang; e na mitologia nórdica a serpente, Jörmungandr.
Em muitas religiões africanas, a serpente representa uma figura sagrada e Ouroboros faz referência ao semideus Aidophedo, aquele que morde a própria cauda. Na Índia, Ouroboros é representado pelo dragão circulando a tartaruga que suporta os quatro elefantes que seguram o mundo, simbolizando a força da criação.
No yoga o Ouroboros representa a energia Kundalini, ou seja, o poder divino. No gnosticismo, esta cobra simboliza a alma do mundo bem como a eternidade.


Como se pode ver pela imagem, ela revela o mal dentro do homem, ou seja, a semente da serpente que está no DNA humano, trazendo todas as enfermidades e psicopatias, pois foi inserida no gene humano desde o princípio, quando Eva praticou zoofilia com o animal chamado serpente. Dentro do homem há uma tendência a idolatria e quando saem do catolicismo, dentro dos evangélicos fazem uso de ídolos vivos, e nas igrejas da Mensagem, essa imagem da nuvem mostra a serpente sendo adorada nos seus cultos, onde colocam bem na frente de todos que ali estão..

Essa imagem do cristo colocado dentro da nuvem, não foi feita pelo irmão Branham, mas pelos que acreditam que a nuvem foi a segunda vinda de Cristo. Com isso acabam por inserir suas próprias ideias na interpretação da Mensagem e afirmam que foi o irmão Branham quem falou, sendo que são eles mesmos os criadores dessas invenções.

"Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.
Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis."
Romanos 1:18-23

Essas imagens são divulgadas nas igrejas da Mensagem e praticamente todas repetem o mesmo erro de colocar como sendo o centro da sua adoração, ainda que digam que é só um símbolo.
Da mesma forma que uns olham e vê somente um rosto nessa pareidolia, também pode-se ver uma serpente que faz um círculo como se estivesse engolindo a própria cauda.


 
"Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.
Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.
Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofreríeis."






O que é uma Pareidolia?


Pareidolia é um fenômeno psicológico comum em todos os seres humanos, conhecido por fazer as pessoas reconhecerem imagens de rostos humanos ou animais em objetos, sombras, formações de luzes e em qualquer outro estímulo visual aleatório.

Mesmo sendo mais comum a pareidolia de imagens, este fenômeno também engloba os sons, fazendo com que uma sequência de ruídos seja interpretada como palavras ou frases com algum significado para o ouvinte.
Por exemplo, em músicas que são reproduzidas ao contrário, muitas pessoas alegam ouvir mensagens que são supostamente consideradas mensagens subliminares, quando na verdade pode não passar de uma simples pareidolia sonora.


Pessoas que alegar ver fantasmas, discos voadores, monstros e outros acontecimentos inexplicáveis, podem ser "vítimas" de uma pareidolia. Vale lembrar que a pareidolia não é uma doença.
De acordo com pesquisadores e estudiosos da mente humana, uma provável explicação para este fenômeno esteja relacionada com a evolução da espécie humana.
A necessidade do ser humano em viver em sociedade para sobreviver, fez com que desenvolvesse essa facilidade em identificar rostos de seus pares.
Pessoas que apresentam níveis altos de sociopatia ou outros distúrbios mentais que afetam as habilidades sociais, apresentam maior dificuldade em identificar pareidolias, ou seja, não conseguem ver rostos ou formas humanas com facilidade em nuvens, manchas, e demais objetos.
Um exemplo de como a pareidolia está presente no cotidiano das pessoas são os populares emoticons. Os desenhos dos emoticons são entendidos pelo cérebro humano como representações de rostos. Estes símbolos utilizados nas comunicações através de mensagens de texto pela internet e celulares, são úteis para transmitir sentimentos e emoções.
O fenômeno da pareidolia é pessoal, isso significa que mesmo que um indivíduo esteja enxergando um rosto humano numa determinada forma geométrica, outra pessoa pode não ver a mesma imagem.
A pareidolia reflete as crenças de um indivíduo, por isso que as pessoas religiosas alegam ver o rosto de Jesus Cristo em determinados lugares, enquanto os ateus não conseguiria identificar a mesma imagem com facilidade.

23 de agosto de 2016

Anjos na igreja

O que são anjos?

"E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo."

(Hebreus 1.7)

A bíblia nos deixa bem claro que os anjos de Deus são espíritos, como o vento!

Agora veremos outra passagem que mostra o nosso Senhor Jesus Cristo como a Única Pessoa a quem Deus disse para se sentar a Sua direita. Pois Deus não disse isto para quaisquer dos anjos dEle. Veja:

E a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha destra, Até que ponha a teus inimigos por escabelo de teus pés?

(Hebreus 1.13)

OBS: A bíblia deixa bem claro quando se refere aos anjos, aos homens e ao Senhor Jesus Cristo, pois o Sujeito aqui é o nosso Senhor!

Então o que são os anjos?

Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?

(Hebreus 1.14)

OBS: De acordo com a bíblia, na continuação do versículo 13, os anjos SÃO espíritos ministradores, e de acordo com a afirmação desses pastores e líderes enganadores, pois TODOS anjos de Deus são espíritos ministradores!

Então esses pastores profetas,não podem ser considerados espíritos, para afirmarem que são os "anjos da igrejas" em seus ministérios. Eles não são esses anjos mencionado no livro de Apocalipse, mas eles tem muitos espiritos malignos por dentro, como o da mentira e o espírito da enganação. Agora só os anjos de Deus, todos eles, são espíritos ministradores para servir aos servos de Deus. E foi isso a pergunta que o apostolo Paulo aos membros hebreus.

22 de dezembro de 2015

A Marca da Besta

O que é a Marca da Besta?

Essa pergunta já possui praticamente quase dois mil anos, onde é sempre apresentado conveniência simplória como resposta, mas sempre evasivas e adaptadas conforme a formação teológica de cada estudante sobre o assunto. Desde o século passado essa pergunta tem tomado mais forças, onde a informação tem se multiplicado grandemente e muitos já afirmaram  categoricamente que haviam encontrado de fato a marca da besta, taxando como sendo o RG, CPF e Certidão de Nascimento eram formas taxativas que colocavam os que eram participantes desses Registros como sendo pessoas marcadas pela besta, mas tudo conjecturas. Quando a Televisão foi se tornando popular, então esses mesmos espíritos religiosos disseram que agora tinha encontrado a besta e que a televisão era a imagem da besta que falava, então passaram a proibir os crentes de usarem em suas casas. Até recentemente, muitos crentes não tinham acesso a informação, por causa dessas heresias e ainda existem igrejas que proíbem a televisão e outros equipamentos eletrônicos por entenderem que a marca da besta é esses acessórios fruto da Ciência do bem e do mal. Ao afirmarem que a televisão era a imagem da besta que falava, então entregaram de forma gratuita ao diabo para que somente programações pervertidas e insanas fossem levadas aos lares, ao invés de terem usado essa poderosa ferramenta de informação para pregarem o evangelho. Agora, para se usar um programa de televisão, pagam caro e o retorno ineficiente..

A moda da vez agora é alegar que o Chip Mondex, que carrega os dados pessoais e envia via satélite os dados do usuário por onda de rádio, está sendo agora usado para propagar a doutrina do medo e do convencimento, mas assim como as outras demais tecnologias usadas para taxar pessoas, essa afirmação de que o chip é a marca da besta é falso.
 
O texto que fala sobre a marca da besta, afirma de forma clara e concisa o que é a marca da besta:
 
15 E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.
16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,
17 Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.
18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.
Apocalipse 13.15-18

No versículo 18 já deixa bem claro que o "número da besta é o número de um homem" mas mesmo assim aparece falsos profetas dizendo que é um CHIP, assim como disseram que a TV era a imagem da besta que fala como está escrito no versículo 15 desse mesmo capítulo. No versículo anterior, diz que "é o número do seu NOME" e isso já deveria ser um ponto final para esse assunto, mas mesmo assim dizem que é o CÓDIGO DE BARRAS ou o CARTÃO DE CRÉDITO.
 
A imaginação dos religiosos que se colocam como INTÉRPRETES DA PALAVRA DE DEUS não tem limites, pois a cada novidade inventam uma nova doutrina. O código de barras ainda é usado, mas já está sendo substituído pelo QR CODE
Esse método de identificação é muito superior ao código de barras que já está ficando obsoleto, por permitir um armazenamento muito maior de dados e informações que podem ser acessadas até por aparelhos eletrônicos como o celular.


 Apesar de possuírem argumentos lógicos que a primeira vista parece certo, o que realmente diz e que tem realmente credibilidade para falar sobre a marca da Besta é a própria Bíblia e é isso que o anticristo não quer que as pessoas saibam. Primeiro, para esclarecer acerca da Marca da Besta, precisamos descer às suas raízes, desde sua primeira citação em Gênesis até a conclusão na Bíblia, onde no Apocalipse é citado claramente essa "marca".

15 O Senhor, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.
16 E saiu Caim de diante da face do Senhor, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden.
Gênesis 4.15-16

Caim era sem dúvida, uma semente da serpente predominante e teve sua espécie destruída no Dilúvio. Era religioso, mas não tinha revelação e ao prestar um culto, fez de forma carnal, como muitas igrejas fazem agora, inclusive no Natal, quando oferecem um banquete de frutas na suposta Ceia que é comemorada no mês do bode. Ao citar que o chip, ou o QR Code, o CPF, RG, Cartão de Crédito, TV, Certidão de Nascimento ou qualquer outra coisa que é usado para ORGANIZAR de forma clara uma sociedade, os falsos profetas tentam na verdade esconder das pessoas o que realmente é essa marca. A marca está claramente identificada na Bíblia como sendo a Apostasia, onde a mentira é uma marca registrada de satanás e é isso que identifica seus seguidores.
 
Desde que começou a Era da Informática, o anticristo já saiu na frente dizendo através de pastores evangélicos e profetizas mercenárias que o chip era finalmente a marca da besta e isso passou a ser divulgado entre muitos crentes, de forma que diziam categoricamente que nunca usariam o tal chip.  Só para se ter uma ideia do perigo que essas falsas doutrinas apresentam, basta ver o tipo de vida que a pessoa leva e argumenta que morreria pelo nome de Jesus mas não aceitaria o chip. O que o chip tem a ver com salvação? A pessoa quebra os mandamentos e ainda fica na esperança de que se o chip vir, então basta negá-lo que será salvo. Essa mentira do diabo tem enganado realmente a muitos, principalmente os crentes evangélicos.

Até mesmo o "www" da internet já foi dito que era o 666 entre outros códigos, mas agora como os mesmos falsos profetas fazem uso da internet, então já não propagam mais essa ideia absurda. Como a tecnologia era inevitável e logo chegaria nos lares, então para os falsos profetas o único chip que deveria ser rejeitado era o tal de Mondex, já que agora o chip estaria presente nos computadores, nos celulares e tudo que é tecnologia de ponta e depois que todo mundo está usando, então mudam para uma nova ideia. Tem diversas pessoas que ainda afirmam que jamais usariam o tal do chip da besta, mas estão usando cartões de crédito com chip, telefones celulares e tudo mais, mas dizem categoricamente que "jamais colocariam o mondex no corpo". Isso é mais uma heresia, pois não é um chip que vai fazer a pessoa ser filho de Deus ou do diabo, mas o espírito que está na pessoa. Quem tem o Espírito Santo está selado e não pode receber a marca da besta, assim como os filhos do diabo não podem receber o Espírito Santo, mas apenas espíritos que se transfiguram em espíritos de luz, conforme

13 Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.
14 E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.
15 Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.
 
Logo quando o famoso chip Mondex foi anunciado como uma tecnologia viável, então saiu a oportunidade do anticristo de dizer que só funcionaria na mão direita, mas para frustração deles e de seus seguidores, o chip pode ser colocado em qualquer lugar do corpo do ser humano e também de animais e plantas. O tamanho do chip equivale a um grão de arroz, mas assim como as demais tecnologias que surgiram no tempo presente, também esse já está obsoleto, pois permite que seja fraudado seus dados e por isso não será mais uma forma de identificação segura.


 Assim como o chip é usado para identificar a procedência da carne vendida nos açougues e criadouros, ou de alimentos, também é usado para identificação de pessoas por facilitar a manipulação de dados, mas o que isso tem a ver com a salvação? Nada!! O que leva uma pessoa para o inferno é as obras más e não um chip ou similar. Em diversas empresas já é usado também o leitor biométrico e agora até nas provas do Detran é usado essa forma de identificação, MAS ISSO NÃO É PARA ENGANAR NINGUEM, muito pelo contrário, para evitar que um enganador se passe por quem não é, ou seja, para que um vigarista não tome o lugar do outro. Pessoas estão acostumadas a tomar vacinas sempre que uma campanha é lançada e se fosse para colocar nelas por engano, então seria fácil. Nessas campanhas é fácil introduzirem vírus e doenças em pessoas aleatoriamente para diminuir o crescimento populacional e o chip poderia ser colocado com ou sem o consentimento da pessoa que jura que nunca usaria. Claro que a mentira é algo que é muito usado na política e para enganar pessoas, o diabo usaria todos os métodos disponíveis, mas como já foi afirmado, não é o chip o problema, mas a mentira usada para enganar que é o problema.



Nas eleições brasileira já foi feito o cadastramento dos eleitores para que uma pessoa não se passe por outra na hora de votar. Claro que essa tentativa de evitar fraude é uma forma visível de tentar dar credibilidade nas eleições, mas como aparentemente se percebe, não evitou a desastrosa eleição que vimos nessas últimas eleições, onde um governo reprovado por uma grande maioria da população foi eleito.

 A leitura biométrica é usada para identificar a pessoa, para que outro não se passe por ela. Já a marca da besta, na verdade é justamente o contrário, pois trata-se de uma pessoa que se passa por outra, por isso que foi dito que a marca da besta é o número de um homem, mas o homem do pecado. Por causa das fraudes, onde vigaristas tentam tomar o lugar de outra pessoa, então se faz necessário que se desenvolva novos e mais novos modelos de segurança. Como em Apocalipse 13 diz que a besta ENGANA então essa forma de controle não é exatamente o que dizem.

Como a imaginação fértil dos evangélicos é facilmente corrompível, então qualquer doutrina materialista se perpetua de forma ligeira e persistente, mas a hora de se conhecer a verdade chegou e isso que dizem por ai, contrário as escrituras é mais uma invenção de crentes hereges que não foram ensinados a ler a Bíblia como realmente deve ser.
 
Para ser bem claro: o "chip mondex" ou qualquer outro tipo de chip, NÃO É A MARCA DA BESTA. Isso é mais uma mentira para enganar as pessoas, pois assim os mantém no erro sem perceber que isso sim, é morte espiritual. A mentira do chip é só uma forma de manter o herege afastado da verdade e ainda praticando abominações que certamente irão levar a condenação. Não importa a tecnologia que haverá no futuro, se houver um amanhã, nada será a marca da besta ou o seu sinal, senão o que está escrito na Bíblia, como está sendo mostrado aqui.
 
O chip pode até ser usado para guardar dados da pessoa, permitir que façam compras ou vendam, localizar pessoas e monitorar tudo, mas isso não manda ninguém para o inferno, pois o que vai levar as pessoas a condenação é a desobediência a Palavra de Deus.
 
Por causa da citação bíblica que diz que "não poderão comprar ou vender os que tiverem O SINAL, ou O NOME, ou o NÚMERO DO SEU NOME" então associaram ao dinheiro, ao chip que controla programas de computadores ou crédito, mas assim como as outras mentiras, essa é mais uma que está sendo desfeita, pois a própria Bíblia tem a resposta para essa "Marca". É preciso observar que assim como o Selo de Deus é uma doutrina, a marca da besta também é uma doutrina, mas em oposição a verdadeira. 
A princípio, em Apocalipse 13 nem mesmo está escrito que se chama de marca da besta, mas um sinal.. A marca se dá pra entender nas demais leituras bíblicas, começando por Caim:
 
Para se entender melhor o que é a Marca da Besta, primeiro precisa-se conhecer melhor sobre o Selo de Deus, pois um é o oposto do outro. Israel quando saiu do Egito, recebeu mandamentos que seriam um sinal nas testas e na mão direita, ou destra, onde a compostura e a forma de adorar identificaria os israelitas Conforme
 
8 E naquele mesmo dia farás saber a teu filho, dizendo: Isto é pelo que o Senhor me tem feito, quando eu saí do Egito.
9 E te será por sinal sobre tua mão e por lembrança entre teus olhos, para que a lei do Senhor esteja em tua boca; porquanto com mão forte o Senhor te tirou do Egito.
10 Portanto tu guardarás este estatuto a seu tempo, de ano em ano.
Êxodo 13.8-10

Esse texto está mais claro acerca desses mandamentos dessa forma:
 
1 Estes, pois, são os mandamentos, os estatutos e os juízos que mandou o SENHOR vosso Deus para ensinar-vos, para que os cumprísseis na terra a que passais a possuir;
2 Para que temas ao Senhor teu Deus, e guardes todos os seus estatutos e mandamentos, que eu te ordeno, tu, e teu filho, e o filho de teu filho, todos os dias da tua vida, e que teus dias sejam prolongados.
3 Ouve, pois, ó Israel, e atenta em os guardares, para que bem te suceda, e muito te multipliques, como te disse o Senhor Deus de teus pais, na terra que mana leite e mel.
4 Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
5 Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.
6 E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;
7 E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.
8 Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
9 E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.
Deuteronômio 6.1-9
 
O selo de Deus é facilmente identificado pelo comportamento, ou compostura do cristão, assim como foi citado no Velho Testamento, e pela forma que cada pessoa age ou fala revelaria o sinal que possui, como citou
 
4 E disse-lhe o Senhor: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela.
5 E aos outros disse ele, ouvindo eu: Passai pela cidade após ele, e feri; não poupe o vosso olho, nem vos compadeçais.
6 Matai velhos, jovens, virgens, meninos e mulheres, até exterminá-los; mas a todo o homem que tiver o sinal não vos chegueis; e começai pelo meu santuário. E começaram pelos homens mais velhos que estavam diante da casa.
7 E disse-lhes: Contaminai a casa e enchei os átrios de mortos; saí. E saíram, e feriram na cidade.
Ezequiel 9:4-7
 
Assim como Deus está marcando nas testas os que "gemem por causa das abominações" a besta também está marcando os que estão se alegrando com as abominações. A marca é o produto e os sinais que identificam o produto é conhecido através dos atos da pessoa. Paulo disse:
 
9 Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem;
10 Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo.
11 Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.
12 Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro?
13 Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai pois dentre vós a esse iníquo.

Pode até parecer grosseiro, mas a melhor forma de explicar o que é a marca da besta é afirmar que essa é uma "marca dos bestas" ou "abestados" que são pessoas que se deixam ser enganadas. Para comprar ou vender fazendo o sinal da besta, nos versículos anteriores é dito que "a besta enganava os que não tinham seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro". Portanto, para ser enganado pela besta, antes de se ter qualquer chip ou dinheiro, cpf, tv, etc.. primeiro os nomes não estão escritos no Livro da Vida do Cordeiro. A serpente era uma besta, que enganou Eva com suas mentiras e conseguiu introduzir seu DNA através do sexo, contaminando a mulher e que por sua vez contaminou o homem e seus descendentes, gerando assim os filhos do diabo. Essa marca é facilmente percebida pela forma que se comportam diante da verdade.

"E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo." Apocalipse 13.6-8

Os que estão sendo enganados pela besta são os que NÃO TEM SEUS NOMES escritos no Livro da Vida do Cordeiro, ou seja, são apenas criaturas que existem na Terra. Essa marca não é algo que virá no futuro ou que estava sendo feito pelo anticristo somente no passado, mas algo já determinado por Deus antes que houvesse a fundação do mundo. Quem tem seu nome escrito no Livro da Vida do Cordeiro NÃO SERÁ ENGANADO. Não importa o que vir ou o que já foi ou está sendo, não engana o escolhido, pois se trata de uma escolha de Deus, não do homem. Não é um chip ou coisa similar que vai tirar a eleição de um filho de Deus, pois isso não depende do homem, as somente de Deus.

"Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;" Efésios 1.4

Digamos então que digam que o eleito é aquele que não recebe o chip!! então, apesar de ser algo simpático e atraente, também não seria verdade, pois os que praticam o pecado, principalmente os evangélicos que já estão determinados a crer que o chip é a marca da besta, certamente não usarão, mas isso não os vai levar ao reino de Deus, pois devem crer é em todos os mandamentos e não somente nessa particularidade. O chip é para combater as fraudes, ainda que já esteja obsoleto e logo será substituído por um rastreamento de DNA das pessoas, pois essa é a tentativa final de satanás de identificar os filhos de Deus.
A questão que tem levado os crentes a temerem a marca da besta está justamente na frase "comprar ou vender" mas a marca não se limita apenas a isso, pois é a condição espiritual que a pessoa está é que leva ela a ter um personalismo clientelista. Quem está comprando ou vendendo com a marca da besta? Simples: os pecadores. Da mesma forma que os filhos de Deus precisam comprar ou vender para sobreviverem na terra, os pecadores também fazem esse sinal, mas a diferença entre os verdadeiros e os falsos se dá na forma que o comércio é efetuado. Jesus quando entrou no templo, expulsou os cambistas e os que compravam e vendiam no templo e isso é um sinal claro que acontece em nossos dias. Os mesmos evangélicos que dizem que o chip é a marca da besta, são os mesmos que estão fazendo da igreja um covil de ladrões, comprando e vendendo todo tipo de artigo religioso e mesmo suas pregações e músicas são vendidas. Qualquer cristão sabe que o evangelho é para ser anunciado gratuitamente, mas devido aos atravessadores ou mercenários, o preço está ficando cada vez mais alto:

12 E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;
13 E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.
Mateus 21.12-13

A prática de comprar ou vender, como foi citado em Apocalipse 13.17 vem sendo praticada desde que há igreja cristã e judaica e mesmo no paganismo desde a antiguidade. Quando Paulo estava na Ásia, havia mercadores que lucravam com nichos de Diana dos Efésios em Atos 19 onde os comerciantes da fé compravam e vendiam seus objetos de idolatria. Nas igrejas evangélicas de hoje, o que mais se vê são pregadores mercenários que usam todo tipo de argumentos para arrancar dinheiro das pessoas. As igrejas estão se tornando verdadeiras empresas de compra e venda de doutrinas e isso é um sinal da besta, pois engana os que estão ali, comprando e vendendo artigos religiosos e objetos de feitiçaria.

23 E, naquele mesmo tempo, houve um não pequeno alvoroço acerca do Caminho.
24 Porque um certo ourives da prata, por nome Demétrio, que fazia de prata nichos de Diana, dava não pouco lucro aos artífices,
25 Aos quais, havendo-os ajuntado com os oficiais de obras semelhantes, disse: Senhores, vós bem sabeis que deste ofício temos a nossa prosperidade;
26 E bem vedes e ouvis que não só em Éfeso, mas até quase em toda a Ásia, este Paulo tem convencido e afastado uma grande multidão, dizendo que não são deuses os que se fazem com as mãos.
27 E não somente há o perigo de que a nossa profissão caia em descrédito, mas também de que o próprio templo da grande deusa Diana seja estimado em nada, vindo a ser destruída a majestade daquela que toda a Ásia e o mundo veneram.
Atos 19.23-27

A diferença entre o verdadeiro e o falso está nas atitudes que tem diante do comércio, onde o trapaceiro e vigarista se passa por uma pessoa ou vende algo pirateado para lucrar, assim como pessoas compram objetos fruto de roubo ou de origem duvidosa. Uma mulher cristã jamais usaria uma roupa imoral vendida pelos pervertidos, mas quando vai comprar uma roupa, procura a que tem decência e pudor. Um cristão não usa drogas ou bebidas, por isso a besta não pode enganá-los com argumentos que venham a se viciar, mas já os filhos da perdição se matam com uso de drogas e comprando coisas que fazem o mal como se fosse natural. Não digo que um drogado não pode ser liberto, mas quem tem a Revelação da Palavra de Deus não faz essas coisas pervertidas. Quem conhece a verdade e pratica a mentira não é filho de Deus. Os que serão condenados são os que fazem os sinais da besta, como por exemplo:

14 Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
15 Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.
Apocalipse 22.14-15

O selo de Deus sempre foi a VERDADE, onde não há espaço para o erro, mas a marca da besta é a MENTIRA, a APOSTASIA, onde o mundo inteiro está sendo enganado pela besta. Apocalipse 13 deixa bem claro que a besta engana a todos que não tem seus nomes escritos no livro da vida do cordeiro, que são aqueles que não receberam o AMOR DA VERDADE e por isso Deus envia a operação do erro para que creiam na MENTIRA

1 Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,
2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.
3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
4 O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.
5 Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco?
6 E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado.
7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado;
8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;
9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,
10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.
11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;
12 Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade.

Como se pode perceber por esse texto, assim como foi citado aos hebreus na saída do Egito, para guardarem os mandamentos como um sinal na testa e na mão direita, a marca da besta também é um sinal de mentira, onde a APOSTASIA é essa marca que os filhos do diabo fazem como sinais, que se possível fora, enganaria até os escolhidos.
 
Claro que quando se trata de obedecer aos mandamentos, significa ficar com a Bíblia por completo, não por parte, como também há dentro desse contexto doutrinas hereges, como a defendida pelos Adventistas, que delimitam o sábado como sendo o dia de Deus e o domingo o dia da besta, mas esse também é um erro grosseiro que pode ser facilmente refutado.
 
Os mandamentos de Deus implica obedecer suas leis, conforme está escrito, mas não apenas de uma forma natural, pois é necessário revelação. O sábado, que é o quarto mandamento, é um dia de repouso, onde se trabalha seis dias no máximo e descansa no sétimo. Para os adventistas, que querem se parecer com os judeus e para tentarem ser escriturísticos, o sábado é realmente o dia chamado sábado, ou seja, o sábado que deve ser guardado é o dia de saturno, mas esse é mais um erro que está sendo corrigido agora e que foi pregado pelo profeta William Branham no século passado.
 
O dia do repouso é que é o sábado e não o sábado que é o dia do repouso. Isso parece um raciocínio lógico, mas assim como outras doutrinas acerca do chip e outras bobagens, há uma diferença gritante entre uma coisa e outra. O domingo, que é o "dia do Sol" no calendário pagão é um dia de Repouso para os cristianizados tanto quanto o Sábado - dia de Saturno - que é guardado pelos sabatistas. Ao guardar somente o dia de sábado como dia venerável, o sabatista não está sendo totalmente fiel aos mandamentos, mas apenas um crente natural que tenta por natureza própria ser fiel a ensinamentos de homens. A palavra SÁBADO quer dizer DESCANSO e isso é o que está escrito na Bíblia, de forma que se a pessoa trabalha seis dias, no sétimo deve descansar, mas isso não é somente no dia de Saturno, mas no dia sétimo, o que já é uma grande diferença. O domingo ou qualquer outro dia da semana, pode ser um dia de repouso tanto quanto o sábado, pois o que determina a Lei é que se trabalhe seis dias e no sétimo tenha repouso. Ao venerar o sábado como dia único para adoração, os adventistas e judeus acabam por adorar as estrelas, ou astros, o que é uma abominação.

19 Que não levantes os teus olhos aos céus e vejas o sol, e a lua, e as estrelas, todo o exército dos céus; e sejas impelido a que te inclines perante eles, e sirvas àqueles que o Senhor teu Deus repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus.
Deuteronômio 4.19
 
Os sabatistas fazem esse sinal, de guardar o sábado da mesma forma que os muçulmanos guardam a sexta-feira e os católicos e cristianizados guardam o domingo, mas conforme explicou Jesus, o sábado (repouso) foi feito para o homem e não o homem para o sábado (Marcos 2.27) como afirmam os sabatistas. Guardar um dia com o sinal em veneração ao dia, na verdade é mais um engano da besta, que engana os que não tem revelação. Assim como as cores podem identificar os partidos políticos brasileiro, o dia de sábado é um sinal que fazem os sabatistas; os cristianizados guardam o domingo e os muçulmanos a sexta-feira, mas isso não é o sinal de Deus, pois implica ter Revelação e não apenas servir por emulação.
 
Para muitos, o anticristo ainda virá, para estabelecer o governo mundial, onde enganará milhões de pessoas e quem guarda o sábado, ou que não usarem o chip serão salvos, mas isso é mais uma mentira da besta, pois se não guardar TODOS OS MANDAMENTOS de Jesus, então não terão direito de entrar no Reino de Deus e isso começa através do novo nascimento. O anticristo já está na Terra desde os tempos de Cristo, já nos dias de João quando estava escrevendo suas epístolas:

1 Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.
2 E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.
3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos.
4 Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.
5 Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.
6 Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.
7 Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o mandamento antigo, que desde o princípio tivestes. Este mandamento antigo é a palavra que desde o princípio ouvistes.
8 Outra vez vos escrevo um mandamento novo, que é verdadeiro nele e em vós; porque vão passando as trevas, e já a verdadeira luz ilumina.
9 Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas.
10 Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo.
11 Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos.
12 Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu nome vos são perdoados os pecados.
13 Pais, escrevo-vos, porque conhecestes aquele que é desde o princípio. Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno. Eu vos escrevo, filhos, porque conhecestes o Pai.
14 Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.
15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
18 Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora.
19 Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós.
20 E vós tendes a unção do Santo, e sabeis todas as coisas.
21 Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade.
22 Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho.
23 Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas aquele que confessa o Filho, tem também o Pai.
24 Portanto, o que desde o princípio ouvistes permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis no Filho e no Pai.
25 E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.
26 Estas coisas vos escrevi acerca dos que vos enganam.
27 E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.
28 E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda.
29 Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.
1 João 2.29
 
O anticristo está na terra desde o tempo da igreja primitiva, onde através do Baalanismo, Jezabelismo e Nicolaismo vem enganando as pessoas que não tem seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro. Assim como o falso profeta é um sinal, o verdadeiro profeta de Deus também é um sinal, mas para os filhos de Deus. Quem crê na mentira não tem a Verdade e mesmo que venha a personificar algo que seja parecido com a verdade, a mentira será revelada no final.

Infelizmente nesse tempo final, quando a última trombeta está tocando, o anticristo está agora agindo dentro da MENSAGEM do profeta William Branham também, onde os falsos crentes mercenários estão levando a imagem do profeta para ser adorada, inclusive citando que se trata do Cristo. Essa heresia, em parte é necessária para que os verdadeiros se manifestem, mas por outro lado nos causa um imenso desconforto, pois são pessoas boas e até honestas que estão sendo enganadas. Jesus disse:

8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.
9 Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
10 Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.
11 E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
13 Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
14 E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
15 Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, entenda;
 
O único lugar santo para adoração é Jesus. Deus ungiu a Jesus de Nazaré para ser o único Senhor e Cristo, pois era e é o próprio Deus encarnado. Após subir aos céus, Jesus enviou o seu Espírito Santo para estar no seu povo escolhido e Deus é revelado em Sua Palavra, que é agora o lugar de Adoração.
Nesse tempo do fim, quando Deus tem trazido uma última mensagem para seus escolhidos, o diabo também tem tentado confundir os cristãos que creem nessa Mensagem através de doutrinas hereges que tentam colocar a abominação no lugar santo, ou seja, colocar a imagem do profeta no lugar de Jesus.
 
A nova heresia tenta introduzir nas citações do Irmão Branham interpretações teológicas carnais que engana os que não tem seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro, como a suposta revelação dos sete selos, onde na citação dos sete trovões alegam que o nome do profeta foi citado para então vindicar sua idolatria no homem que Deus usou.
A visão dos sete montes que o irmão Branham citou, estava se referindo na verdade a esse espírito idólatra que veio de Roma, onde a imagem de santos e veneradas como o próprio Deus.
 
A imagem da besta foi usada de forma visível nos tempos de Nabucodonosor, onde foi erguida uma estátua com a imagem de Daniel - que foi chamado pelo rei de Beltessazar - e onde Sadraque, Mesaque e Abdenego se recusaram a adorar. A imagem era de um homem santo e esse espírito se vê claramente nas imagens que a igreja Católica usa para levar a veneração de Maria e os apóstolos, além de homens e mulheres que se santificaram na devoção.

 
Infelizmente, assim como o crucifixo já não é mais viável nas igrejas cristãs por causa da excessiva idolatria dos religiosos hereges, a nuvem e a coluna de fogo que foi usada pelo irmão Branham também já está entrando numa situação de exclusão, justamente por causa dos idólatras que estão venerando imagens como a própria Bíblia proíbe. Quem tem o sinal de Deus não se corrompe com idolatrias, ainda que seja crente da Mensagem, pois está escrito:

1 Agora, pois, ó Israel, ouve os estatutos e os juízos que eu vos ensino, para os cumprirdes; para que vivais, e entreis, e possuais a terra que o SENHOR Deus de vossos pais vos dá.
2 Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando.
3 Os vossos olhos têm visto o que o Senhor fez por causa de Baal-Peor; pois a todo o homem que seguiu a Baal-Peor o Senhor teu Deus consumiu do meio de ti.
4 Porém vós, que vos achegastes ao Senhor vosso Deus, hoje todos estais vivos.
5 Vedes aqui vos tenho ensinado estatutos e juízos, como me mandou o Senhor meu Deus; para que assim façais no meio da terra a qual ides a herdar.
6 Guardai-os pois, e cumpri-os, porque isso será a vossa sabedoria e o vosso entendimento perante os olhos dos povos, que ouvirão todos estes estatutos, e dirão: Este grande povo é nação sábia e entendida.
7 Pois, que nação há tão grande, que tenha deuses tão chegados como o Senhor nosso Deus, todas as vezes que o invocamos?
8 E que nação há tão grande, que tenha estatutos e juízos tão justos como toda esta lei que hoje ponho perante vós?
9 Tão-somente guarda-te a ti mesmo, e guarda bem a tua alma, que não te esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e não se apartem do teu coração todos os dias da tua vida; e as farás saber a teus filhos, e aos filhos de teus filhos.
10 O dia em que estiveste perante o Senhor teu Deus em Horebe, quando o Senhor me disse: Ajunta-me este povo, e os farei ouvir as minhas palavras, e aprendê-las-ão, para me temerem todos os dias que na terra viverem, e as ensinarão a seus filhos;
11 E vós vos chegastes, e vos pusestes ao pé do monte; e o monte ardia em fogo até ao meio dos céus, e havia trevas, e nuvens e escuridão;
12 Então o Senhor vos falou do meio do fogo; a voz das palavras ouvistes; porém, além da voz, não vistes figura alguma.
13 Então vos anunciou ele a sua aliança que vos ordenou cumprir, os dez mandamentos, e os escreveu em duas tábuas de pedra.
14 Também o Senhor me ordenou ao mesmo tempo que vos ensinasse estatutos e juízos, para que os cumprísseis na terra a qual passais a possuir.
15 Guardai, pois, com diligência as vossas almas, pois nenhuma figura vistes no dia em que o Senhor, em Horebe, falou convosco do meio do fogo;
16 Para que não vos corrompais, e vos façais alguma imagem esculpida na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou mulher;
17 Figura de algum animal que haja na terra; figura de alguma ave alada que voa pelos céus;
18 Figura de algum animal que se arrasta sobre a terra; figura de algum peixe que esteja nas águas debaixo da terra;
19 Que não levantes os teus olhos aos céus e vejas o sol, e a lua, e as estrelas, todo o exército dos céus; e sejas impelido a que te inclines perante eles, e sirvas àqueles que o Senhor teu Deus repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus.
20 Mas o Senhor vos tomou, e vos tirou da fornalha de ferro do Egito, para que lhe sejais por povo hereditário, como neste dia se vê.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Os ungidos dos últimos dias

MENSAGEM - A ERA DE LAODICÉIA
 
29 João Batista foi chamado Elias por Jesus. Mat. 17 : 12 Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram...
30 A razão pela qual Jesus chamou a João de Elias,  foi porque o mesmo Espírito que esteve sobre Elias havia voltado sobre João, da mesma maneira que o Espírito havia estado sobre Eliseu depois do reino de Acabe. Agora, aquele mesmo Espírito voltará outra vez sobre outro homem um pouco antes da vinda de Jesus. Ele será um profeta. Ele será vindicado como tal por Deus mesmo. Sendo que Jesus mesmo, em carne, não estará sobre a terra para vindicá-lo ( como Ele fez com João ), isto será feito então pelo Espírito Santo, de modo que seu ministério de profeta será acompanhado de grande e maravilhosa manifestação. Como profeta, cada revelação será vindicada, porque cada revelação virá  a acontecer. Assombrosos atos de poder serão efetuados à sua ordem em fé. Então será proclamada a mensagem que Deus lhe tem dado na Palavra para voltar o povo à verdade e ao verdadeiro poder de Deus. Alguns escutarão, porém a maioria correrá efetivamente para se organizar e rejeitá-lo.
31 Sendo este mensageiro-profeta de Apocalípse 10:7 o mesmo de Malaquias 4:5-6 será naturalmente igual a Elias e João. Ambos foram homens separados das escolas religiosas de seus dias. Ambos eram homens do deserto. Ambos agiram somente quando eles tinham o “Assim Diz o Senhor,” diretamente de Deus por revelação. Ambos atacaram severamente as ordens e os líderes religiosos de seus dias. Mas não somente isto, mas desta maneira atacaram todos que eram corruptos ou que corromperiam outros. E notem, ambos profetizaram muito contra mulheres imorais e seus costumes. Elias falou contra Jezabel e João repreendeu a Herodias, a esposa de Filipe.
32 Ainda que ele não venha a ser popular, ele será vindicado por Deus. Assim como Jesus autenticou a João, o Espírito Santo autenticou a Jesus, podemos esperar que este homem será primeiramente vindicado pelo Espírito operando em sua vida em atos de poder que serão incontestáveis e jamais encontrados em qualquer outro lugar; e o próprio Jesus retornando, o vindicará, assim como autenticou a João. João testificou que Jesus estava vindo. E este homem também, como João, testificará que Jesus está vindo. E a própria volta de Jesus provará que este homem verdadeiramente era o precursor da segunda vinda. Esta é a evidência final que este é realmente o profeta de Malaquias 4, para o fim do período dos gentios, o próprio Jesus aparecendo. Então será muito tarde para aqueles que O rejeitaram.
 
           Os falsos cristos e os falsos profetas sempre estão enganando as pessoas dizendo que William Branham é Cristo, que a segunda vinda de Cristo já se deu no século passado, mas isso é tão falso quanto a doutrina desses falsos mestres e enganadores.  É uma estupidez sem limites dizer que a "nuvem" fotografada pela Revista Life em 1963 foi a vinda de Cristo e que Jesus desceu e encarnou no profeta. A nuvem foi somente UM SINAL e nada mais do que isso, de que o mesmo Deus que tirou o povo do Egito com sinais e prodígios, os guiando de dia por uma nuvem e a noite com uma coluna de fogo estava testificando que é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hb 13.8). O cristo só tem um, que é o Pai celestial.  Esse ofício que é segundo a ordem de Melquisedeque só pertence a Deus. Agora, os dons de Deus são dados aos homens para que o próprio Deus habite no meio deles, sendo assim, tanto o dom de Pai, como de Filho, de Messias, de Espírito Santo, etc.. tudo pertence somente a Deus.  William Branham foi um cristo, por ser um ungido de Deus, assim como os cristãos são os filhos de Deus ungidos pelo Espírito de Jesus. Uma diferença gritante existe entre ser um cristo e ser O CRISTO. O Cristo é somente um, que é o Pai Celestial.

"Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos." (Mateus 23.8)
             Jesus é o único Cristo de Deus,  o seu ungido, pois foi gerado para ser o filho de Deus há dois mil anos atrás desde o nascimento até a morte. Uma vez que Deus o ressuscitou dentre os mortos e o fez Senhor e Cristo (Atos 2.36), então esse filho mortal deixou de ser humano para ser a morada eterna de Deus em um corpo físico (Filipenses 3.21), pois foi revestido da imortalidade, assim como os cristãos de todas as Eras serão quando ao termino do toque da sétima trombeta.
             Os falsos mestres estão ensinando que William Branham foi a encarnação de Jesus Cristo e por isso estão levando os crentes da Mensagem que não tem conhecimento a adorar o profeta, ao invés de adorar somente a Deus. O dom no homem não é para ele ser adorado, mas para que Deus seja adorado através daquele dom. No louvor, por exemplo, Deus é adorado através das pessoas que cantam hinos celestiais. Na pregação, Deus é adorado através do ensino correto das Escrituras, mas já as heresias é uma veneração ao diabo, que é o pai da mentira. Os dons de cura, de milagres e todos os sinais, são feitos por Deus através da sua criação e o homem manifesta esses dons. O dom de profeta é dado ao homem para que Deus possa revelar seus segredos (Am 3.7) enquanto que o dom de pastor – que só a Jesus pertence – é dado aos homens para cuidar ou apascentar as ovelhas de Deus, não do homem. O falso pastor é uma personificação que tenta levar as ovelhas a adorar o diabo através de mentiras e falsidades e o falso profeta perverte a doutrina verdadeira, dizendo coisas que Deus não falou, mesmo que diga coisas boas, mas como o fruto da Árvore da Ciência do Bem e do Mal, pregam coisas boas e más e cabe ao filho de Deus discernir onde está o erro e ficar somente com a verdade.
               Ciro foi um ungido de Deus (Isaías 45.1), assim como Nabucodonosor (Jeremias 25.9), mas assim como Balaão (Números 23.5) e todos os demais homens pecadores, eram apenas instrumentos usados por Deus, ungidos para um serviço. Os profetas de Deus são enchidos pelo Espírito do Senhor para anunciar as coisas de Deus e uns até já nascem profetas, mas outros são usados apenas algumas vezes ou apenas uma vez. O problema dos crentes de hoje é identificar quando um homem é ungido para um serviço ou para diversos serviços e nessas manifestações de Deus, perceber que tudo que é feito é para que Deus seja conhecido do seu povo e que o homem não deve ser adorado jamais.
                Assim como o catolicismo herdou do paganismo os cultos aos ídolos pagãos, os evangélicos também mantiveram grande parte dessa idolatria e por isso veneram bispos, cantores e até atores que personificam a unção de Deus. Os crentes da Mensagem foram ensinados pelo profeta a ficar somente com a Biblia, mas assim como as denominações herdaram as heresias do catolicismo de veneração a ídolos, esses crentes também são tendenciosos a adorar o profeta e pior ainda, andam ensinando que William Branham foi Jesus Cristo. Essa afronta a Mensagem realmente é um escândalo e nessas heresias, os verdadeiros se manifestam, confrontando essa mentira e mostrando a verdade – que só Jesus é o único Deus.
                Caifás por exemplo, era um homem que ocupava uma função sacerdotal e por isso profetizou acerca da morte de Jesus, não por ser profeta, mas por ocupar uma função que era inerente ao ofício que Deus falava segundo o que estava já escrito (João 11.51). Assim como Caifás, muitos pastores evangélicos, por ocuparem essa função que representa Jesus, acabam por profetizar, não por serem profetas, mas por causa do dom de Deus de falar através da sua Palavra. Justamente por causa do dom de profetizar e de pastorear que só a Deus pertence estar no homem, então uns são usados de uma forma e outros de outra forma e nisso, surgem os falsos profetas, que podem acertar uma ou outra vez em algo correto, mas no fim sempre se mostram falsos, levando seus seguidores a adorar ídolos. O verdadeiro ensino cristão leva a pessoa a adorar a Deus e somente a Deus. Quando desvios doutrinários começam a surgir, com homens levando a veneração de outros homens, então satanás começa a ser adorado naquela heresia. A profanação do santuário se dá quando colocam heresias e abominações na Casa que é escolhida para adorar a Deus e por isso o sobrenatural não se manifesta, tendo apenas personificações de crentes manufaturados e incrédulos.
              
                   Só Jesus é Pastor (João 10.11) assim como só ele é profeta, apóstolo, mestre.., mas o homem idólatra sempre tenta usar esses dons para enganar as pessoas, como Simão Mágico, que inclusive foi batizado em nome do Senhor Jesus Cristo, mas não era convertido (Atos 8.9). Da mesma forma, dentro da Mensagem do profeta William Branham, há muitos falsos pastores que são mercenários, enganando os crentes com doutrinas de idolatria e obtendo lucros através do imperialismo denominacional, levando seus seguidores a voltarem pro Egito, mesmo com a Mensagem do profeta Moises, como foram Datã, Coré e Abirão (Números 16.1-50) que se rebelam contra Deus atacando de forma indireta os seus ungidos.

"Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo," Filipenses 3.18